Arsenal: multa para Iwobi e o compulsivo interesse por Evans

Alex Iwobi parece ter se metido em problemas com Arsène Wenger. Isso lembra uma chamada de filme da Sessão da Tarde, mas o técnico do Arsenal afirmou que vai ter uma conversa com o jogador e, se preciso, irá multá-lo. Isso porque, nesta terça-feira (9), o nigeriano estava estampado na capa do jornal The Sun, pois supostamente participou de uma festa 48h antes do jogo contra o Nottingham Forest, pela FA Cup, partida que culminou na eliminação da equipe.


Não surpreende que um fato desses esteja na manchete principal. De qualquer forma, a matéria contém alguns vídeos de Iwobi bastante animado dançando ao lado de outras pessoas. O que gerou polêmica é o fato da publicação afirmar que o jogador passou das duas da manhã na farra e que a festa continha drogas ilícitas.


Reprodução/The Sun
Reprodução/The Sun

Iwobi se divertiu um pouco e foi parar na capa do The Sun


Em coletiva nesta manhã, Wenger procurou minimizar a situação, mas classificou a atitude do atleta como "inaceitável".


"Se isso for verdade, ele será multado. É inaceitável. Vou conversar com ele. Se ele estava em uma festa de aniversário, por quanto tempo ele ficou? Isso é muito importante. Depois disso, vou decidir o que acontece”, declarou o técnico.


"Quando você lê a matéria, é como se ele tivesse usado drogas. Ele não está envolvido com isso. Se seu vizinho usa drogas, o que você pode fazer? Você é responsável por suas próprias ações, e não por seus vizinhos", finalizou.


Iwobi jogou os 90 minutos da partida e, assim como todo o time, teve uma atuação apagada. Não é passar pano na situação, mas seria covardia culpá-lo pelo mau rendimento na partida agora que se tornou pública sua ida a uma festa 48h antes do jogo. Se a festa afetou sua performance, talvez o The Sun deva descobrir em quais festas os demais atletas foram. Além do mais, como dito por Wenger, não se sabe ao certo por quanto tempo o jogador esteve lá e o que fez ou deixou de fazer. O Arsenal tem problemas maiores com o que se preocupar. Uma multinha basta.


EVANS NOVAMENTE NO RADAR - Enquanto o The Sun parece insinuar que Iwobi usou drogas antes de uma partida, há alguém completamente maluco no Arsenal que ainda esteja interessado em trazer Jonny Evans para London Colney. O zagueiro do West Brom foi pretendido por Wenger na janela de verão e por alguns detalhes não veio. Agora na janela de inverno, parece que uma nova investida será feita.


A BBC informa que uma proposta de 25 milhões de libras estaria pronta para ser enviada ao time de Alan Pardew. Detalhe que o jogador, já de 30 anos, também interessa ao Manchester City. De acordo com a matéria assinada por Simon Stone, teríamos vantagem nesta curiosa disputa pelo fato dos Baggies estarem interessados ​​em Mathieu Debuchy.


Me surpreende este interesse louco do Arsenal por um zagueiro como Evans. É um jogador mediano, no máximo bom. Nosso sistema defensivo não passa por um momento brilhante e nos falta peças de confiança, mas 25 milhões de libras em um jogador de 30 anos não parece uma jogada muito inteligente. Acima dos "trintinhas" já temos Koscielny, Monreal e Mertesacker.


Getty Images
Getty Images

Até agora, Evans atuou em 19 partidas pelo WBA na Premier League


Ainda sobre transferências, na coletiva Wenger admitiu a possibilidade de Coquelin deixar o clube nesta janela (lamentavelmente) - o West Ham, Crystal Palace e Valencia  teriam interesse. Ele também comentou sobre uma possível investida do Manchester City por Alexis Sánchez: "Quando as solicitações acontecem, você responde. Mas, no momento está tudo parado. Não tenho nada para adicionar ao que eu disse anteriormente". Quando questionado se ele espera que o chileno saia este mês, uma resposta curta: "Eu não espero nada".


SEMIFINAL CONTRA O CHELSEA - Nesta quarta-feira (10) o Arsenal vai a Stamford Bridge visitar o Chelsea pelo jogo de ida das semifinais da Copa da Liga. A bola rola às 17h55 e terá transmissão da ESPN Brasil. Muito provável vermos um time bem misto, já que Wenger já garantiu que alguns jogadores precisam descansar.