Experiente e de graça: Lichtsteiner no Arsenal

Stuart MacFarlane/Arsenal FC
Stuart MacFarlane/Arsenal FC

Lichtsteiner assinou contrato de ano com o Arsenal


Uma nova era teve início no Arsenal. O processo de renovação no clube já começou. Mas, o primeiro reforço de Unai Emery é um atleta de 34 anos. Irônico. Mas, não estou aqui para criticar. E nem tenho que fazer isso.


Na manhã desta terça-feira (5), anunciamos a contratação do lateral direito Stephan Lichtsteiner, que passou as últimas sete temporadas na Juventus. O jogador que está com a delegação suíça para disputar a Copa do Mundo na Rússia chega ao clube de graça.


Ele assinou contrato de um ano, com opção de renovação por mais um e usará a camisa 12, deixada por Olivier Giroud.


A escolha em contratar Lichtsteiner é sensata. Trata-se de um jogador experiente e com um espírito de liderança muito bem-vindo no clube, principalmente agora.


Em sua passagem pela Juventus, conquistou os sete títulos da Serie A que disputou. Além de quatro Copas. Foram 250 jogos e 14 gols marcados. Na história do Campeonato Italiano, nenhum outro defensor jogou mais que ele desde sua estreia, em 2008, quando desembarcou em Roma para defender a Lazio.


O atleta chega para ser o reserva imediato de Bellerín - e, quem sabe, pode até ser titular, a depender das atuações do jovem espanhol.


Para esta temporada, teremos 50 milhões de libras para gastar. Visto a inflação do mercado, teremos literalmente um dinheiro de pinga para reforçar a zaga, nosso setor mais carente. Então, garantir Lichtsteiner de graça foi uma ótima jogada.


Mesmo aos 34 anos ele ainda pode ter gás. Na última temporada, atuou em apenas duas partidas da Juventus na Champions League - uma delas contra o Tottenham, no Wembley. Entrou e foi fundamental na virada de placar e classificação. Em contrapartida, na Serie A atuou mais: teve 27 participações, 21 delas como titular.



Papastathopoulos pode ser o próximo


O setor defensivo pode ser reforçado com mais um nome. O namoro do Arsenal com Sokratis Papastathopoulos, zagueiro do Borussia Dortmund, tem ficado cada vez mais sério.


A negociação, que é conduzida por Sven Mislintat, parece estar bem próxima de ser concluída. O grego de 29 anos custaria 16 milhões de libras aos cofres do clube e chega para reforçar a zaga.


Vale lembrar que Mertesacker aposentou-se e Koscielny infelizmente se lesiona demais. Além deles, temos Mustafi e os jovens Holding, Chambers e o também grego Konstantinos Mavropanos.


Apesar de não ser um zagueiro de classe mundial, Sokratis é um atleta pronto e outra opção barata.


O que também deve ser observado é como as coisas têm acontecido nos bastidores do clube. Se antes tínhamos um manager no comando, está mais do que claro que Unai Emery chega na posição de técnico, "apenas". Ele (ainda) não conduz as negociações.