Atlético de Madrid apresenta Lemar em verão dos sonhos

 

Em julho do ano passado, o Atlético de Madrid se preparava para a temporada 2017/18 cercado de dúvidas, incertezas e dificuldades.


Havia a empolgação pela inauguração do estádio Wanda Metropolitano, mas as perspectivas para o que aconteceria dentro dos gramados da nova casa não eram das melhores.


Basta lembrar que o clube ainda estava refém da punição da FIFA que impossibilitava a inscrição de novos reforços.


Como a sanção só terminaria em janeiro, o último verão europeu do Atlético se resumiu a manobras e malabarismos para viabilizar a chegada de jogadores como Diego Costa e Vitolo dali a seis meses.


Além disso, por incrível que pareça, a grande estrela da companhia, Antoine Griezmann, ainda tinha sua imagem atrelada a um certo derrotismo em jogos decisivos.


Tudo por causa de fracassos pontuais em jogos como a final da Liga dos Campeões da Europa de 2016 - quando o atacante francês desperdiçou um pênalti contra o Real Madrid -  e a decisão da Eurocopa de 2016, em que a França foi derrotada por Portugal dentro de Paris.


No fim das contas, apesar de todos os obstáculos, a última temporada terminou de maneira bastante satisfatória para o Atlético de Madrid, com o título da Liga Europa e o vice-campeonato da Liga das Estrelas.


No entanto, é quase certo que o clube poderia ter alçado voos maiores não fossem inúmeras patinadas nos primeiros meses da temporada, que culminaram na eliminação na fase de grupos da Champions e na perda de pontos cruciais no primeiro turno do Espanhol que deixaram a equipe comendo poeira do Barcelona.


Bem... um ano se passou e muita coisa mudou.


O astral para o início desta temporada é completamente outro.


Desde que Griezmann colocou fim às especulações de uma possível transferência para o Barcelona e anunciou sua permanência no Atlético, no último mês de junho, o torcedor colchonero está curtindo o verão como há algum tempo não acontecia.


O clube terá à disposição nada menos do que três campeões da Copa do Mundo pela França. Griezmann volta com a bola cheia, Lucas Hernández retorna com moral e confiança lá em cima e Thomas Lemar chega como a grande aposta do clube para um caminho próspero de novos sucessos.


A contratação de  Lemar, apresentado nesta segunda-feira, é um passo importante de um Atlético de Madrid que tenta construir uma equipe sólida e consistente para começar a temporada da melhor forma possível.


Divulgação/Atlético de Madrid
Divulgação/Atlético de Madrid

O atacante Thomas Lemar foi apresentado nesta segunda-feira pelo Atlético de Madrid


Lemar é jovem, tem 22 anos, é um jogador técnico, rápido e incisivo, principalmente pela ponta-esquerda.


Na entrevista coletiva de apresentação, demonstrou empolgação e disposição para fazer com que o esquema de Diego Simeone continue funcionando. Ou seja, muito fôlego para trabalhar sem a bola e muita verticalidade quando estiver com ela nos pés. 


Por Lemar, o Atlético passou por cima da concorrência de times pesados da Premier League, como Arsenal e Liverpool, e desembolsou 70 milhões de euros (cerca de 304 milhões de reais) sem pestanejar. 


Tem tudo para dar certo! 


Além do planejamento animador para a próxima temporada, alguns fatores externos também são alentadores para a temporada do Atleti.


Jogadores e torcida, por exemplo, já estão ambientados com o novo estádio, o que siginifica que o desafio de adpatação neste caso já é passado.


Além disso, o clube será cabeça-de-chave do sorteio da Liga dos Campeões, que acontecerá no fim de agosto, o que significa chances bem maiores de pegar um chave mais acessível em relação à última temporada, quando Chelsea a Roma caíram no nosso caminho.   


Bom lembrar que a final da competição será realizada no Wanda Metropolitano. Só isso! Imagina....


Por fim, o Atlético ainda vê o arquirrival Real Madrid perder de uma vez só Cristiano Ronaldo e Zidane. Nada menos do que o comandante máximo e goleador absoluto de nosso maior arquirrival. 


Sinais e alentos de que a temporada que se aproxima pode estar reservando coisas especiais para nós, colchoneros.


Aúpa Atleti!