Furacão aproveita pausa e recomeça corretamente com seu 'novo' treinador

Aproveitando a curta pausa na Copa do Mundo, é hora de voltar, mesmo que brevemente, para o Furacão. Nos últimos textos do blog Estarei Sempre Contigo, foram apontados diversos motivos que impediam a continuidade do trabalho de Fernando Diniz. Ainda assim, a decisão de demiti-lo parecia distante, visto o respaldo do mandatário. A pressão interna, porém, se tornou insustentável, obrigando Petraglia a comunicar a saída do técnico, que acumulou apenas boas ideias sem sustentação alguma. O que levou, no fim das contas, ao irrisório aproveitamento de 34% em 21 partidas, o pior em dez anos. Revoltado, Petraglia comunicou que se afastaria do futebol do clube, mantendo “apenas” a função de presidente do conselho deliberativo. A decisão deixou um total de zero torcedores tristes.


Apesar de ter cogitado alguns nomes, como Abel Braga (caro) e Dorival Júnior (risos), o sucessor já estava dentro do clube, e a passagem de bastão era vista com naturalidade pela maioria das pessoas que acompanham o Furacão. Tiago Nunes, de 38 anos, assume provisoriamente o comando. No entanto, a possibilidade de efetivação com um início positivo de trabalho é grande. É um tanto precipitado dizer que Tiago já é um grande técnico (mesmo que tal afirmação provavelmente seja verdadeira), principalmente porque quem acompanhou seu trabalho de perto foram os torcedores que foram a Arena da Baixada durante o Paranaense e a imprensa que teve acesso ao estádio nestes jogos. O que, infelizmente, é uma minoria.


Gazeta Press
Gazeta Press

Tiago Nunes comandou a ótima campanha no Estadual


É fato, porém, que os comandados do treinador (time alternativo do Atlético) no Estadual voltaram para casa com título, melhor ataque, melhor defesa e apenas uma derrota. Foi vista uma equipe muito sólida na parte defensiva, comandada pelos zagueiros Zé Ivaldo e Léo Pereira, que estiveram em suas melhores formas, e uma construção ofensiva que busca constantemente a verticalidade sem precipitações, valorizando, também, o trabalho de posse. Nessa formatação, tivemos grandes perfonmances de Éderson, João Pedro, Bruno Guimarães e Matheus Anjos.


Reforçando: não há uma grande margem para comparações, críticas e elogios além dos já apontados, mas é fato que estamos falando de um nome promissor e muito mais interessante do que a esmagadora maioria que está presente no mercado de técnicos.


Ainda é importante falar sobre a postura de Tiago Nunes, que é muito elogiado por jornalistas pela clareza e educação na sala de imprensa, além, é claro, de seu tratamento com o grupo, que virá a ser parte fundamental do trabalho. Suas preleções, como já pudemos ver em vídeos, misturam a motivação a partir da explosão e a passagem de suas ideias. Foi muito elogiado por jogadores como Bruno Guimarães e Zé Ivaldo, peças fundamentais no Paranaense, e recentemente por Bérgson, que exaltou a clareza ao passar orientações.


Gazeta Press
Gazeta Press

Tiago Nunes vibra com a conquista do Estadual


Dito tudo isso, é fundamental dar respaldo e apoio nas situações ruins, mesmo que o time atualmente esteja em uma péssima situação de tabela no Brasileirão, e também maneirar na expectativa quando vierem os primeiros resultados positivos, para evitar algo no nível Paulo André, que disse que Diniz tinha lhe reensinado o esporte. Muita calma e boa sorte ao novo comandante.


BÔNUS


MARCELO CIRINO se reapresentou e será mesmo utilizado na sequência da temporada. Falei sobre ele aqui.


BRUNO NAZÁRIO será o novo reforço do Atlético. Vem do Guarani, onde evoluiu bastante seu futebol ao longo das duas últimas temporadas, se tornando a principal peça ofensiva da equipe. Em breve, mais informações por aqui. Porém, a princípio, nada a reclamar da nova aquisição, que certamente será importante no restante do ano.


Gazeta Press
Gazeta Press

Bruno Nazário fica a disposição de Tiago Nunes para o restante da temporada