Em nome de Don Andrés: o Barça precisa vencer o Doblete para o seu eterno maestro

Cada atleta tem a chance de escolher como será o seu fim. Iniesta escolheu dar adeus ao Barcelona ainda com um futebol próximo ao seu auge, ainda com a magia de quem esconde a bola nos pés e gira sobre os adversários cheios de músculos e força como se fossem crianças. Provavelmente o eterno camisa 8 do Barça deixará o clube de sua vida para ir ao futebol chinês no fim desta temporada, e, para que esta despedida seja perfeita, o clube catalão precisa vencer a final da Copa do Rei de amanhã, precisa conquistar o tetra consecutivo desta sempre difícil competição, para que Don Andrés deixe a melhor lembrança possível na mente dos fãs do futebol arte.


Getty Images
Getty Images

O Barça precisa ganhar amanhã para Iniesta


Sim, a eliminação da Champions League escancarou o desgaste físico do elenco e também o peso do tempo sobre o seu capitão. Iniesta sofre demais para defender, o retorno já não é o mesmo, a imposição física dos adversários exige um dinamismo que o Barça não pode se dar ao luxo de ter dois jogadores a menos (Iniesta e Messi) sem marcar como loucos, senão tudo estoura lá atrás. Estes adversários são raros de se encontrar, mas eles aparecem justamente nas fases finais dos mata matas, justamente aonde os troféus são decididos.

No ano que vem com o provável quadrado formado por Coutinho, Messi, Griezmann e Suárez, o clube culé terá mais dinamismo, mais juventude e mais força física para iludir os adversários e para fugir da desgastante Messidependencia colocada nas costas de seu camisa 10.


getty images
getty images

O Ilusionista


Depois de vencer o Valencia e empatar com o Celta ainda com um evidente desgaste físico e psicológico pós queda vexaminosa na Champions, o Barcelona precisa mostrar amanhã, na final contra o Sevilla, o recado que todos estão esperando, um verdadeiro show de futebol. Em nome de Iniesta e da excelente campanha no Campeonato Espanhol, é preciso terminar a temporada com estes dois troféus nas mãos, valorizando um bom trabalho coletivo e homenageando uma das mais brilhantes carreiras de todos os tempos.


getty images
getty images

Será a última final com esses duas lendas juntas


Esta será a última final do Barcelona com o maestro Iniesta em campo. Aproveite e guarde na memória, pois a parceria de meio campo que marcou a história do futebol com Xavi, Iniesta, Messi e Busquets está quase chegando ao fim e nunca mais veremos tamanho compatibilidade de talentos encaixados jogando por música em uma mesma equipe.

Curta a página Barcelonizando no Facebook