Dembélé já virou realidade: o Barça não precisa de Griezmann

A novela acabou. Griezmann anunciou ontem que permanecerá no Atlético de Madrid, decisão a qual eu concordo e agradeço, pois o Barça já possui uma peça pronta para assumir a última vaga de titular em seu esquadrão estelar. Seu nome? Ousmane Dembélé.


Getty Images
Getty Images

O reforço já está em casa



Griezmann é um jogador mais pronto, mas também bem diferente de Dembélé e poderia criar conflito no campo e com o grupo. Além do mais, acho muito mais bonito ele ter permanecido em seu clube, mostrando que ainda existe amor à camisa nos dias de hoje (apesar do doce aumento salarial).


O Barcelona não precisa ficar roubando jogador de um arquirrival, pois já tem uma jóia em casa. O menino frágil que chegou tímido, inseguro e tropeçando na bola, pouco a pouco foi adquirindo confiança, ganhando mais minutos e mostrando todo seu potencial de arranque, improviso e habilidade, características estas, que se encaixaram com a genialidade de Lionel Messi, e que, certamente, logo o fará se firmar de uma vez por todas como jogador vital entre os 11 de Valverde.


Nem Neymar chegou  na Catalunha jogando tudo que sabe, todo jovem precisa de tempo para se adaptar e crescer psicológicamente para voar como se estivesse no quintal de casa.


Com a saída de Iniesta e a permanência de Griezmann no Atleti, a equipe culé deverá ter Coutinho, Messi, Suárez e Dembélé como titulares na linha de frente. Com o jovem francês, Messi sempre se entendeu bem e também fez o novo camisa 11 render o que sabe. Diante da Juventus e Chelsea pela Champions no Camp Nou, o melhor desempenho da equipe foi evidente com um jogador que dá mais profundidade de campo e improviso. Para melhorar, no final da temporada, Dembélé desabrochou de vez, marcando golaços em belos chutes com as duas pernas e com arrancadas fulminantes, com a camisa azul grená e também com a camisa da França nos amistosos pré Copa.


Getty Images
Getty Images

Dembélé e Messi: eles se encaixam muito bem



Claro que a chegada de mais reforços seria importante, mas esta formação vai dar o refresco e a modernidade de trocas constantes de posições que o futebol moderno pede. Juntos, estes quatro podem cair em qualquer lado do campo alternando posições sem perder a harmonia. Esta nova formação de banda que já deu algumas palhinhas no primeiros semestre, vai manter o Barcelonismo com a hegemonia de futebol mais lindo do planeta.


A Copa do Mundo vai mostrar o jogador que o Barça ganhou para a temporada 2018/2019. Dembélé já virou realidade.

Curta a página Barcelonizando no Facebook