Barça 3 X 4 Betis: O Camp Nou virou de cabeça pra baixo

O Barcelona sofreu gols nas últimas dez partidas da La Liga, o time catalão está entre as cinco piores defesas do campeonato. Preocupante, mas antes de achar culpados e motivos, é preciso ressaltar que o Betis virou o Camp Nou de cabeça pra baixo com uma atuação histórica, desnorteou o Barcelona propondo o jogo com toque de bola de qualidade, transições rápidas e velocidade pelas pontas que mataram o time culé. O vareio só não foi mais trágico porque Messi estava em campo e comeu a bola no segundo tempo.


getty images
getty images

O primeiro tempo virou 0 a 2. Desesperador!


Foi uma tarde louca, parecia que o Betis era o Barcelona e o Barcelona era o Betis. Enquanto a equipe de Sevilha era envolvente, o Barça era frágil, errava passes como nunca, esteve irresponsável nas recomposições e sofreu com a escalação mal proposta por Valverde. 

O time que tinha o encaixe perfeito com os 11 titulares se desencaixou com a simples troca entre Coutinho e Malcom. Essa troca foi mais influente do que a de Rafinha por Messi, por mais incrível que pareça, pois Rafinha ocupa exatamente o mesmo espaço do argentino com naturalidade, com a mesma perna, enquanto que Malcom ficou torto pela esquerda, travando as descidas de Jordi Alba no ataque por estar muito aberto e sem exercer a mesmo revezamento com Messi na armação por dentro, são jogadores completamente diferentes. Assim como fazia invertendo Dembélé, desta vez o treinador queimou o jovem atacante brasileiro que tentou de tudo, mas saiu no segundo tempo para a entrada de Munir que rendeu mais fazendo bons movimentos de facão na área, participando de dois dos gols blaugranas.

Pra piorar, o trio de volantes também esteve em um dia negro. Arhtur e Busquets foram apenas regulares, não tiveram força pra chegar ao ataque e nem pra recompor com a velocidade o que o jogo pedia, enquanto que Rakitic errou passes demais e ficou a partida toda no mata burro envolvido pelo meio campo do time verde, tanto que acabou expulso em um carrinho atrasado. A notícia boa neste setor foi a excelente entrada de Vidal, o chileno marcou um gol, deu passe para outro e recuperou diversas bolas com uma garra impressionante. Definitivamente o bruto e talentoso Vidal está em grande forma física e promete incomodar quem oscilar, ele pode atuar tanto na de Arhtur como na de Rakitic. Olho nele!


getty images
getty images

Vidal pede passagem


Desesperadoras também foram as performances dos laterais Jordi Alba e Sergi Roberto. Alba ainda foi útil na frente, mas tremeu para as subidas de Tello, andou sempre para trás quando esteve no mano a mano, levou um baile. Do outro lado, a avenida Sergi Roberto foi um desfile de escola de samba, passaram por lá todas as alas sambando na cara do eternamente improvisado talento da base.

A soma do ousado futebol do Betis, do desencaixe na ausência de Coutinho e na má atuação dos meio campistas estourou em todo mundo, criando essas avenidas nas laterais e um desespero para Piqué, Lenglet e Stegen. O que podia dar mais errado? Ter Stegen falhou como há muito tempo não falhava, frango no terceiro gol e erro de passe na saída de bola que resultou no quarto. Tranquilamente poderia ter sido 5 ou 6, o Barcelona escapou de um vexame ainda maior do que foi.

Olhemos um pouco para o lado bom da vida, pois além de Vidal, a outra boa notícia foi a volta de Lionel Messi. Na primeira etapa o melhor do mundo ainda estava tímido, recuperando o ritmo, mas no segundo deu show, participou de forma direta nos três gols, começando e terminando as jogadas. Marcou dois deles, recuperou a artilharia do campeonato e ainda fez filas, deu caneta e colocou os companheiros como de costume várias vezes na cara do gol. Quem é rei nunca perde a majestade.


getty images
getty images

Messi e Vidal foram os grandes nomes do Barcelona na derrota deste domingo


Agora a diferença entre o Barça e o sexto colocado é de apenas 4 pontos, o campeonato espanhol nunca esteve tão disputado. Mas não é só isso, na próxima partida, depois das datas Fifa, o clube azul grená enfrentará o Atlético de Madrid que ocupa a vice liderança na tabela, apenas um ponto atrás. Liderança em jogo e uma grande dúvida para a vaga do contundido Coutinho.

Preparem-se para fortes emoções no Wanda Metropolitano!

Siga a página Barcelonizando no Facebook