Vitória em dois atos: baile de Dembélé e recital de Messi

A maratona de jogos desta decisiva segunda metade da temporada europeia está obrigando o técnico Ernesto Valverde a fazer rotações. No meio de semana, pela Copa do Rei, foram Suárez, Piqué e Busquets os que iniciaram no banco, enquanto que ontem, contra o Leganés pelo campeonato espanhol, foram Messi e Rakitic os escolhidos para começar fora.


Quando Messi não joga, todo torcedor culé sente um frio na espinha, fica sempre a expectativa de quem irá assumir o pratagonismo e as ações das jogadas. Os primeiros 65 minutos do confronto tiveram uma confirmação: Dembélé mudou de patamar dentro do time. O francês adquiriu tamanha confiança, que a cada partida novas armas são apresentadas. O baile do Mosquito agora não fica só nas arrancadas e dribles desconcertantes, agora o cardápio também oferece armação de jogadas e construção fora da área para chegar concluindo, assim como faz Messi, e assim foi o primeiro gol. O Barça controlou o jogo com paciência e tirou o zero do placar com Dembélé sendo arco e flecha, driblando no meio, abrindo para Jordi Alba na ponta e aparecendo na área para matar de primeiro com um lindo toque de chapa.


getty imagesgetty images


 

Dembélé joga muito


Parecia que seria uma vitória tranquila e bem controlada, mas no primeiro contra ataque do adversário, saiu o gol nas costas de Jordi Alba. Com o 1 a 1 no placar veio a contusão de Dembélé, que agora só volta em 15 dias, mas veio também o segundo ato para deixar o espectador de boca aberta, era a hora de Messi. O melhor do mundo entrou e em pouco mais de 30 minutos acabou com o jogo. Outro nível de futebol entrou em cena com um recital, parecia outro tipo de esporte. De cara Messi deu um drible com cavadinha, trouxe pra esquerda e chutou de longe na gaveta, o goleiro conseguiu a defesa, mas no rebote Suárez tocou de biquinho e colocou pra dentro, se tornando o quinto maio artilheiro da história do clube catalão, com 167 gols. O argentino continuou deixando a zaga desesperada, e pra fechar a conta, marcou um golaço também como arco e flecha, também tabelando com Alba. Messi fez tudo, recebeu de volta, trouxe pra perna direita e fuzilou. Mais três pontos na conta do camisa 10 extraterrestre e liderança com boa folga de 5 pontos para o vice líder, Atlético de Madrid.


getty images
getty images

Messi chuta de pé direito para marcar seu gol de número 18 no campeonato


Quarta tem Sevilla fora de casa pelas quarta de final da Copa do Rei, domingo tem Girona fora, na outra quarta novamente o Sevilla e no sábado seguinte o duelo será contra o Valencia no Camp Nou. A maratona daqui pra frente vai ser dura, mas será uma boa hora também para Coutinho ganhar longa sequência e mostrar mais serviço.


Clique e siga Barcelonizando no Facebook


Clique e siga barcelonizando_oficial no Instagram