Qual seria o presente de Natal perfeito para o Barça?

Querido Papai Noel, segura que esta é uma carta ostentação!


O primeiro semestre no Barcelona foi terrível e, apesar das mudanças e melhoras que já tivemos, eu queria pedir mais três jogadores de presente (se a FIFA permitir).


Só pra você lembrar, este ano começamos perdendo o Copa do Rei na final para o nosso maior rival, também fomos eliminados da Champions no Calderón del Infierno do Atlético de Madrid jogando um futebol de chorar e perdemos a chance de ganhar o Campeonato Espanhol na última rodada em nossos domínios para o mesmo Atlético de Madrid daquele sujeito com cara de mal que grita mais que professor de física, o argentino Simeone. Foi por um golzinho, mas a verdade é que aqueles guerreiros mereceram o caneco.


Pra completar também perdemos nosso técnico com apelido de criança, o Tata Martino, que, apesar de ser boa gente e de ter protegido o menino Neymar, nem devia ter vindo, viagem perdida. Nessa barca também partiram dois amiguinhos que já não sabiam o que fazer na sala de aula do Barça, Fabregas foi reaprender com o Mourinho, e Sanchez foi brincar com o Wenger. Sinceramente foram na hora certa para a Inglaterra, melhor pra todo mundo e dindin no cofre.


Nosso clube precisava de um Natal antecipado, de uma mudança radical no meio do ano e realmente foi o que aconteceu.


Chegou um novo técnico conhecido da casa, o Luís Enrique, que está indo muito bem, apesar da oscilação no Espanhol. Chegou também o artilheiro que faltava, morde morde Suárez, um zagueirão que parece o Pé Grande, o francês Mathieu, e veio também um craque com o cabelo igual da Aracy Balabanian do Sai de Baixo, o croata Rakitic, que vem se sacrificando ao atuar fora de posição.


Ah, não posso esquecer do Douglas, que veio do Tricolor, sendo que essa cartinha antecipada foi enviada por ele mesmo ou por sua família. Esses têm crédito com o senhor, hein, barbudão?! Mas se você realizou, tá certo, espero que ele dê a volta por cima, mas antes de tudo ele deveria acreditar nele mesmo. Sem confiança, a bola queima e a criança chora!


Mas mesmo com todas essas chegadas, com o Messi se reinventando e jogando como nunca, com o Neymar adaptado e crescendo a cada dia com gols, com Suárez encaixado no tridente de ataque e com o Mascherano jogando muito em qualquer canto, eu quero mais presentes! Ainda faltam algumas peças pra esse quebra cabeça catalão ficar bonito como nos acostumamos a nos divertir na Era Guardiola.


Getty Images
Getty Images

Não custa tentar apelar ao bom velhinho.


Dentre os meus três pedidos, dois são brasileiros e um joga no arquirrival. Pedido de boa, bem baratinho!


Começando pela defesa, eu acho que o time ainda não está muito seguro, então eu traria o brazuca David Luiz do PSG, esse sim seria o substituto ideal do Puyol! Pela força, pelo talento e pelo carisma, o figura seria uma excelente peça de marketing. Já vejo as perucas sendo vendidas na porta do estádio. Afinal de contas, Piqué caiu de rendimento, talvez ele precise de um companheiro do mesmo nível para fazê-lo acordar pra vida.


O segundo reforço seria justamente para fazer o meio campo engrenar. Acho que Rakitic não é a peça certa para jogar entre Busquets e Iniesta e substituindo Xavi; ele joga melhor mais avançado. Essa lacuna eu preencheria com outro croata, que está mais adaptado a esta posição e que chuta ainda melhor e mais vezes de fora: o inimigo madridista Modric, que, apesar de ser do Real, joga o fino da bola!


Papai Noel não é gênio da lâmpada, mas o meu terceiro e último pedido tem jogado o futebol arte mais encantador de 2014 e está no Brasil, mais precisamente no Morumbi. Meu grande sonho seria ver Paulo Henrique Ganso alimentando Messi, Neymar e Suárez, queria vê-lo tabelando com essas feras e aos poucos assumir a posição que hoje é muito bem executada por Iniesta. Sim, eles não têm as mesmas características, mas são armadores, craques e gênios. Ganso no Barça teria mais espaços, é tudo o que ele precisa para colocar os craques do tridente de frente para cansar de fazer gols.


Sonho impossível? Talvez. Mas por isso é que eu estou pedindo para o bom velhinho. Quem sabe um dia não se torne realidade, nem que seja pela chaminé!


E você, pediria quem para o seu time?!


Feliz Natal e Visca el Barça!