Desconfiança e Neymar são grandes armas para a "final"


O Barça desta temporada definitivamente decepcionou por vários motivos, e por mais inacreditável que pareça, depois dos inesperados tropeços de Atlético e Real Madrid, ainda existe uma chance de virar a mesa e conquistar o título do Campeonato Espanhol para dedicar a Tito, a Tata, a Puyol e para todos do elenco chegarem com confiança redobrada na Copa do Mundo do Brasil.


Se essa chance caiu do céu eu não sei, mas não foi valorizada. Eu e todos torcedores do Barça já esperávamos uma reação avassaladora contra o Elche no fim de semana passado, porém o time decepcionou e jogou novamente com a mesma apatia dos jogos sequentes a eliminação da Champions e deixou no ar um triste sentimento de desconfiança.


Para piorar, o Atlético jogou com sede de campeão contra o Málaga na rodada passada e só não venceu por detalhe, tudo leva a crer que o time de Simeone virá ao Camp Nou sem medo e com apetite para engolir Messi e cia, está difícil de acreditar no Barcelona.


Porém, justamente por todo esse cenário de descrença desenhado, é que vejo uma luz no fim do túnel para o Barça. Quando esse time é inferiorizado e questionado é onde pode vir a resposta positiva esperada, talvez seja a maneira de faze-los despertar. Lembro-me daquela vitória sobre o Real no Bernabéu por 4 x 3, poucos apostavam no time de Tata Martino e deu no que deu.


Para reforçar as esperanças ainda tem a volta de Neymar, o personagem que foi o diferencial do time catalão neste ano, o único jogador do Barça a marcar contra o Atlético, Neymar estará no provavelmente no banco, louco para entrar e escrever seu nome na história.


Getty Images
Getty Images

Neymar esta de volta aos treinos com o grupo.




Taticamente acho que o Barça deveria ser mais cauteloso, continuar com a costumeira posse de bola sem se arriscar defensivamente, ser mais seguro, afinal, jogar por uma bola com Iniesta, Messi e Neymar em campo não é uma má ideia.


Bruno Plapler.