Quem são os 3 titulares que estão devendo bola no Barça

Perder para o PSG na França não é nenhum absurdo. Sofrer três gols talvez. Mas não foi apenas nesse jogo que detectei um problema na equipe, na verdade alguns defeitos, que não vejo como graves.


Algumas coisas já me incomodaram neste novo Barça. Já cheguei a não gostar das formações do Luís Henrique, que já se acertou bem com os revezamentos, depois não gostei do ataque que criava apenas através de jogadas individuais, o que já melhorou muito diante do PSG, e agora a defesa é quem dá sinais de alerta, mas acho que vai melhorar quando Piqué voltar ao time titular.


Então qual é o problema??

O que mais tem me incomodado nesta temporada são as irregulares atuações de três titulares da equipe. Desde o início da temporada, Pedro, Rakitic e Busquets andam oscilando mais do que deviam. Cada um por um motivo.


Explico:


Pedro: Improvisado na “posição que sobrou”, a ponta direita. Pedrito não tem jogado bem ao lado da dupla cativa Messi e Neymar. O camisa 7 está sim improvisado e torto (ele prefere o lado esquerdo), porém o renomado atleta da seleção espanhola tem que mostrar mais serviço na linha de ataque. Não só com gols, Pedro também precisa acertar mais nas tabelas e nos cruzamentos, precisa fazer parte do show, pois está sendo coadjuvante demais.

Munir e Sandro as vezes tem atuado por ali também, mas ainda são jovens, alternam demais e não tem essa obrigação de resultado imediato, por isso a grande responsa por enquanto é sim de Pedro.
A boa notícia em meio a este problema é que já neste mês de outubro, Luis Suárez volta de punição e deve assumir de forma definitiva esta terceira vaga do ataque culé.


Rakitic: Esse cara é craque, mas também está sofrendo improvisado. Rakitic atuava no Sevilla muito mais a frente, como um atacante, sem essas responsabilidades de marcação e armação de jogo. E o croata está sentindo a carga, são muitas funções em campo, o que o fazem muitas vezes desaparecer do jogo. Rakitic anda chutando pouco, driblando pouco e as vezes também errando passes demais.

Uma maneira de resolver isto é o próprio Rakitic se apresentar mais, chamar mais o jogo e dividir a armação com Iniesta. Um jogador dessa qualidade tem que assumir mais riscos. Outra questão que trará melhoras para Rakitic, poderemos ver analisado o jogador abaixo!
De qualquer maneira o croata segue sendo titular absoluto sem nenhum reserva do mesmo nível no elenco.


Getty Images
Getty Images

Busquets é driblado por Lucas em jogo da Champions contra o PSG.




Busquets:
Sou fã incondicional do agora novo camisa 5 do Barcelona. Sergio Busquets era pra mim uma peça vital no time de Guardiola. A espinha dorsal daquele time histórico sempre foi Busquets, Xavi, Iniesta e Messi. Se os quatro estivessem em campo, o barco navegava tranquilo.

Mas agora tudo mudou, este novo Barça precisa de um Busquets mais participativo na linha de frente. Não dá mais para ficar na cabeça da área arrumando a saída de bola e protegendo os zagueiros, este novo Barcelona e os grandes times do mundo precisam de volantes/meias, portanto Busquets tem que aparecer melhor a frente. Quanto mais Busquets se oferecer na armação e no chute, mais espaços terá nosso amigo Rakitic. Uma mão lava a outra!

E Busquets tem que se coçar, porque Mascherano vem jogando muito e mesmo como zagueiro tem encostado melhor na linha de ataque do que o volante espanhol.


De uma maneira geral o Barcelona precisa de mais intensidade no meio, pois o PSG, melhor adversário enfrentado até agora nesta nova temporada, dominou demais o meio campo em alguns momentos da partida. Até olé tomamos e isso não pode acontecer.


Ah se não fossem Messi e Neymar, ainda bem que temos a melhor dupla do mundo para equilibrar esse time.