'Novo' Bayern afasta o temor de passar vergonha na Champions

Se alguém falasse que o Bayern daquele 27 de setembro - quando perdeu em Paris por 3 a 0 – e esse Bayern que venceu hoje eram duas equipes diferentes, provavelmente muitos acreditariam.


Afinal, a diferença de futebol jogado é tamanha que ninguém ficaria surpreso caso isso fosse verdade. Na vitória de hoje por 3 a 1 vimos um time totalmente diferente em comparação ao início de temporada. Seja na velocidade em campo, na variação de jogadas e até mesmo no desempenho do Ulreich, defendendo até pensamento hoje.


Getty Images
Getty Images

Tolisso foi o destaque da partida com dois gols


Isso ainda sem esquecer que Heynckes poupou alguns jogadores como Vidal, Martinez, Müller e Boateng. Os dois primeiros jogaram praticamente todas as últimas partidas, enquanto os dois alemães estão retornando de lesão. O treinador alemão sabia que a partida não valia lá muita coisa, porque, com os dois times já classificados, seria muito difícil o Bayern ganhar por quatro gols de diferença e conquistar a primeira colocação do grupo.


Os maiores destaques do jogo foram Tolisso, Coman, James Rodriguez e Ulreich. O meio campista francês fez dois gols e vem confirmando a veia goleadora com três gols nas últimas duas partidas na Champions League. Já o goleiro fez ao todo sete defesas - três delas excepcionais. Os meias Coman e Rodriguez deram uma assistência cada e por várias vezes levaram perigo à defesa parisiense.


Getty Images
Getty Images

Com uma marcação cerrada, Neymar não apareceu muito no segundo tempo da partida


É importante ressaltar também a péssima atuação do árbitro na partida. Erros grandes para os dois lados e uma interessante inclinação a não dar cartões para o time francês.


A pulga atrás da orelha fica por parte da defesa e o meio campo defensivo sem Martinez. Rudy, que vinha tão bem na temporada, fez um jogo muito ruim errando passes e falhando na cobertura em alguns lances. Enquanto que na defesa inteira, apenas Hummels teve uma atuação digna de nota, mesmo falhando no gol de Mbappé.


Getty Images
Getty Images

Não foram os 3 a 0 do primeiro jogo, mas o 3 a 1 já foi um bom resultado


Porém, se formos considerar o primeiro jogo em setembro e até mesmo algumas atuações recentes, é clara a evolução que o time vem tendo após a chegada de Heynckes, acalmando um pouco os medos e inseguranças dos torcedores. Claro que ainda não podemos considerar o Bayern um dos maiores favoritos ao título europeu, mas agora podemos saber que ao menos feio os bávaros não farão na competição.