Tévez voltou e o Boca se arma para conquistar tudo

A volta de Carlitos sempre foi um pouco óbvia. A verdade é que só os mais pessimistas - ou iludidos - acreditavam que isso não aconteceria. Se bem foi para a China de maneira errada, nunca deixou de ser ídolo. E sua volta é mais do que bem-vinda.


Já treinando com seus companheiros, dessa vez nota-se um Apache mais magro, rápido, concentrado no trabalho. A verdade é que Carlitos esteve treinando em duplo turno nos últimos 3 meses. E tudo com acompanhamento de um preparador físico do Boca. Já está faz tempo conosco, só falta mesmo entrar em campo. E, se continuar assim, deve ser em jogo contra o River, pelos Torneos de Verano.


Se bem Tévez é um reforço-estrela, chegaram Buffarini, Más e Wanchope Ábila. Dizem ainda que Nico Gaitán pode voltar a La Boca, mas é improvável. De qualquer forma, o Xeneize armou um plantel para conquistar títulos. Todos que puder.


Prensa Boca Juniors
Prensa Boca Juniors


Uma defesa que já estava acertada, mas que agora conta com quatro bons laterais. Talvez chegue um defensor central mais. No meio, Barrios segue como o implacável pitbull. Gago se recupera bem e deve voltar ainda na primeira fase na Libertadores. Seba Pérez, que nunca teve continuidade, deve jogar mais neste primeiro semestre. Se for o jogador que venceu a Libertadores pelo Atlético Nacional, teremos três volantes de altíssimo nível.


Ainda assim, do meio para frente é o ponto forte deste Boca. Cardona, Pavón, Tévez, Wanchope Ábila e Benedetto. Mesmo com o camisa 9 fora de combate por um tempo, temos muita força. Sem falar nas outras opções como Bou.


Este plantel do Boca é suficientemente forte para conquistar títulos. Foi montado para vencer tudo o que jogar. Nem sempre é o suficiente, mas o torcedor pode - e deve - se iludir.