Embalado por Hazard e Morata, Chelsea faz 'campeonato à parte' na Premier League

Getty Images
Getty Images

Menino Eden tá voando: dois gols diante do Newcastle


Nada realmente mudou na Premier League. Manchester City dá sinais de cansaço, mas continua como líder invicto, ao passo que os Red Devils embalaram dois triunfos consecutivos fora de casa e continuam na perseguição ao maior rival. Talvez a única mudança significativa seja o bom futebol apresentado pelo Chelsea desde a derrota para a Roma. 



Curta o Pride of London no Facebook



Desde o revés para os italianos, os Blues seguem invictos há seis jogos (5V e 1E). Há muitas razões para esse renascimento do Chelsea na temporada e a principal talvez seja a consolidação do 3-5-2 como principal esquema tático.


A opção de Conte em tirar um homem de ataque para povoar mais o meio-campo não apenas trouxe maior segurança para a defesa como também tornou o ataque mais efetivo com a dupla Hazard e Morata. 


Para o bem ou para o mal, a decisão polêmica de Antonio Conte ao tirar David Luiz do time titular fez bem ao Chelsea. Christensen, de fato, representa o futuro dos Blues: soberano pelo alto, não é afobado e tem muita qualidade na saída de bola. Ao lado de Azpilicueta, outro que faz temporada fenomenal, e Cahill ou Rudiger, a equipe voltou a apresentar solidez defensiva como em 2016/17, tanto que foram apenas dois gols sofridos nos últimos seis jogos. 


No meio-campo, a presença de um volante mais marcador ao lado de Kanté fez com Fàbregas pudesse jogar mais à frente, como um verdadeiro camisa 10. Talvez a única decepção neste setor seja Bakayoko, que rende pouco e foi preterido por Drinwater neste sábado (2) diante do Newcastle. 


Por fim, a dupla Morata e Hazard, como previsto, está dando show. É como se estivessem atuando juntos há muito tempo tamanha a química entre ambos dentro de campo. Quando estão inspirados (vs West Bromwich, por exemplo), o Chelsea joga fácil. São oito gols e quatro assistências em treze partidas para o centroavante espanhol, enquanto Hazard tem cinco gols e duas assistências pelo Campeonato Inglês. 



O triunfo sobre o Newcastle foi mais uma prova que o Chelsea faz um campeonato à parte na Premier League. Foi mais uma atuação sólida em que os destaques individuais, Hazard e Morata, brilharam, além de Moses, que retornou com assistência e pênalti sofrido. 


Com o resultado, os Blues seguem a oito pontos de distância dos Citizens, que ainda joga na rodada, e a três de igualar o United na vice-liderança. A Premier League já proporcionou inúmeras reviravoltas e histórias de superação, portanto é possível sonhar ao menos em brigar pelo título até as rodadas finais.


Enquanto os rivais não dão brecha, o Chelsea se diverte, joga tranquilo e sem pressão na Premier League. O objetivo é, nesta reta final do primeiro turno, somar o máximo de pontos possíveis, uma vez que não enfrentará ninguém do top 6.


Se os rivais de Manchester vierem a tropeçar nas próximas rodadas daremos início ao sonho do bicampeonato. Caso contrário, fica a torcida para que o bom futebol se mantenha, pois há muito o que sonhar ainda em 2017/18.