Um Corinthians sólido, mesmo contra o bandeirinha

Quem foi a Arena Corinthians para assistir o jogo contra o Internacional, não saiu nada triste, apesar do empate. O erro do bandeira no gol adversário não escondeu o futebol sólido e inteligente do Corinthians contra o vice-líder do campeonato. 


O foco corinthiano não é o Brasileiro, mas sim, a preparação para o confronto decisivo contra o Flamengo, nesta quarta-feira (26). E se tratando de testar alternativas para formar o melhor time, o jogo foi ótimo. Da defesa ao ataque, ninguém destoou, fazendo jogo ruim. Fagner, como melhor jogador do time, se mostrou pronto para o duelo de 90 minutos. A zaga concreta, facilitada pelo bom trabalho de Gabriel, depois de um longo período de jogos ruins. Jadson é o destaque da criação, apoiado pelas opções Vital e Araos. 


O sistema de jogo sem centroavante voltou a beneficiar Romero, que foi decisivo no lance do gol ao carimbar o travessão de cabeça e oferecer a bola limpa para a finalização de Douglas, que empatou a partida. O artilheiro da Arena Corinthians tem liberdade para se mexer e receber bolas dos municiadores, Jadson, Vital e o próprio Douglas.


Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Douglas marcou o seu primeiro tento com a camisa do Corinthians


Apesar da diferença na tabela, foi o Timão que incomodou o Inter. A pressão no começo e a falta de sustos atrás é um protótipo do que o time tem que fazer contra o Flamengo, no duelo que precisa de vitória simples para avançar. O gol colorado, inclusive, veio num erro do bandeirinha, que não viu Damião entre um dos quatro impedidos no lance. Que novidade. 


Na quarta, no entanto, o time tem que se apoiar mais nas finalizações de média distância. Não foram poucas as bolas que Jadson encontrou os pontas de velocidade em condição, que preferiram não arriscar. Tem que chutar, já que apoio não vai faltar na hora do erro. 


O treino aberto está marcado para terça-feira e os ingressos já foram esgotados. É hora daqueles que, se ainda não perceberam o peso desta camisa, caírem na real. O apoio que vem da Fiel deixa até o maior perna de pau entusiasmado. E é disso que precisamos, parafraseando nosso canto: é sangue no olho, é tapa na orelha, é o jogo da vida, e o Corinthians não é brincadeira. 


SIGA A PÁGINA DO BLOG CORINTHIANO NO INSTAGRAM, E NÃO PERCA NENHUM TEXTO!




 

 

 


View this post on Instagram


Um Corinthians sólido, mesmo contra o bandeirinha - Link na bio!


A post shared by Epidemia Corinthiana - Blog (@epidemia_blog) on