5 mudanças cruciais no Corinthians para o próximo Majestoso

Cá entre nós, a partida de ida contra o São Paulo no Morumbi foi uma das piores da equipe de Carille desde que o treinador assumiu o Corinthians. Também, não era pra menos: o Timão contou com nada menos que seis desfalques da equipe titular para enfrentar o rival - se contarmos Renê Júnior, foram SETE atletas fora do jogo. Bom, o futebol tem dessas, às vezes um elenco linear é tão importante quanto os onze que entram em campo, e sabemos faz tempo que a equipe corintiana pode ser considerada escassa de talentos no banco de reservas.


Mesmo assim, existem certas medidas adotas por Carille que precisam ser alteradas se realmente desejamos avançar para a final do Estadual. O Paixão Maloqueira listou os cinco fatores mais importantes que carecem de mudança para o jogo de volta, dessa vez em nossa Arena. Vamos a eles:


- Júnior Dutra fora da equipe titular
Já não é de hoje que eu tenho dito isso para meus colegas de trabalho. Alguns duvidaram de mim no início, mas hoje não tenho medo nenhum de cravar: até o KAZIM é melhor que Júnior Dutra. Infelizmente, o reforço recém-chegado do Avaí não cumpriu as expectativas e deixou claro para todos que não possui nenhuma condição de ser titular de um time do tamanho do Corinthians. Com ele entre os onze, entramos com um a menos.


- O poder defensivo de Mantuan
Tenho confiança absoluta de que Mantuan será um grande jogador. Inclusive, já pedi mais oportunidades ao garoto há alguns meses aqui no blog. Mantuan tem muita qualidade técnica, quem o acompanhou na Copa São Paulo tem certeza disso. Só que atuando fora da sua posição de origem e precisando apoiar mais a equipe no setor defensivo, Mantuan tem comprometido. Já são duas falhas substituindo Fagner na equipe titular: uma contra o Bragantino e outra no último domingo contra o São Paulo. Já que Carille resolveu apostar no jovem como lateral-direito, todo cuidado é pouco na defesa!


- Maycon é volante, não meia!
Como foi dito acima, entendemos que as baixas na equipe titular de última hora fizeram com que Carille quebrasse a cabeça para escalar o Corinthians contra o São Paulo. Só que a aposta em Maycon como meia de armação não funcionou, e o Timão se tornou uma equipe inofensiva, sem criatividade. Para solucionar a questão, eis o próximo tópico abaixo.


- Pedrinho merece chance como titular
Não tem jeito. Por mais que Carille ainda não confie 100% na condição física do franzino Pedrinho para aguentar as pancadas dos adversários, o menino já deu demonstrações suficientes para receber a chance que a Fiel Torcida tanto pede: uma vaga no time. Após sua entrada no último clássico, o Corinthians mudou de postura. Se tornou mais agressivo, produtivo e perigoso. Pedrinho neles!


- Volta, Rodriguinho!
Tudo bem que esse fator não podemos assegurar, já que estamos falando de uma recuperação de lesão, só que não é mais segredo para ninguém que Rodriguinho é o jogador mais importante do Corinthians em jogos decisivos, principalmente em clássicos ou mata-mata. O cara chama a responsa, parte pra cima e busca o jogo, faz toda a diferença. Com Rodriguinho em campo, a chance do Timão duplica!
-------------------------------------------------------------------------------
E você, torcedor? Concorda com a gente? Mande sua opinião nos comentários! E não esqueça de seguir a página do blog no Facebook: Paixão Maloqueira


Vai Corinthians!