A história mostra que o Cruzeiro sempre se deu bem nos 'grupos da morte'

Antes denominada Copa dos Campeões da América, a Libertadores foi criada em 1960 e só admitia os campeões nacionais de cada país. Só em 1970 foram abertas vagas para os vices e sucessivamente para os demais times até chegar à fórmula atual, com 44 clubes e duas fases preliminares.


Ao Brasil são atualmente concedidas 7 vagas, mas houve época em que participar da maior competição continental já poderia ser considerado um título, como, por exemplo, em 1997, quando apenas o Grêmio (campeão brasileiro) e o Cruzeiro (campeão da Copa do Brasil) puderam disputar o torneio.


Este ano, 8 times brasileiros conquistaram a tão sonhada vaga. O Cruzeiro vai para sua 17ª participação e neste quesito fica atrás apenas de São Paulo, Grêmio e Palmeiras, com 18 participações cada. Nesta quarta foram definidos por sorteio os grupos da primeira fase da Libertadores. O Cruzeiro irá enfrentar Racing, Universidad de Chile e o vencedor das preliminares, que têm o Vasco como favorito.


O grupo do Cruzeiro que no papel parece ser bastante forte e competitivo, já é considerado pela imprensa como grupo da morte. Se para alguns cruzeirenses a presença do time argentino desperta preocupação, vale lembrar que o Cruzeiro nunca foi eliminado em fase de grupo. E não é a primeira vez que o time azul é obrigado a enfrentar um argentino nesta fase. Em 2018, será a 7ª vez em 17 oportunidades, e o saldo é positivo: 7 vitórias, 3 empates e 4 derrotas.


Vejam a seguir um resumo de todos os 'grupos da morte' do Cruzeiro, com os respectivos confrontos, classificados por ano.


Arte Blog do Cruzeirense
Arte Blog do Cruzeirense

Em 1994, o Cruzeiro mostrou sua força contra o Boca, mas derrapou contra o Vélez


Arte Blog do Cruzeirense
Arte Blog do Cruzeirense

Com Moreno inspirado, o Cruzeiro não dá chances ao San Lorenzo 


Arte Blog do Cruzeirense
Arte Blog do Cruzeirense

Em 2009, entre Cruzeiro e Estudiantes prevaleceu fator casa... exceto na final 


Arte Blog do Cruzeirense
Arte Blog do Cruzeirense

Após perder na Argentina, Cruzeiro aniquila o Vélez com dois gols do Kleber 


Arte Blog do Cruzeirense
Arte Blog do Cruzeirense

Vingança: com trio Roger, Montillo e Wallyson, Cruzeiro arrasa Estudiantes 


Arte Blog do Cruzeirense
Arte Blog do Cruzeirense

Até então único time sem tomar gols na Libertadores, Cruzeiro leva 3 do Huracán