Como não criar altas expectativas com este time do Cruzeiro?

Washington Alves/Cruzeiro
Washington Alves/Cruzeiro

Diretoria, obrigado por não ter liberado o Thiago Neves para a arábia!





Primeira coisa que preciso repetir para mim mesmo, todos os dias, e preciso compartilhar com vocês sobre esta equipe do Cruzeiro de 2018: calma! Muita calma nesta hora! Sim, o time é bom. Muito bom para falar a verdade! Mas precisamos ter os pés no chão e não empolgar demais ainda com essa equipe.


O torcedor tem que ter em mente que no Mineiro o time deve dar uma oscilada entre os jogos no Mineirão e os jogos pelo interior do Estado.


Pelo que o Mano já mostrou nessas três primeiras rodadas, ele deve usar o time 'ideal' nos jogos na Toca III, para dar ritmo aos jogadores, agradar a torcida - que está fazendo o papel dela nas arquibancadas - e usar as partidas pelas alterosas para testar outros e até preservar alguns atletas, visto que os gramados do interior não são nem de perto parecidos com o do Gigante da Pampulha.


Na partida contra a Caldense foi bonito de se ver o Cruzeiro voltando a trabalhar a bola, girar a pelota, trocar passes e ser agudo. No ano passado, muitos torcedores, inclusive eu, reclamavam do time recuado e até medroso do Mano. Neste começo de temporada já é possível ver uma equipe mais solta, leve, entrosada e que vai muito rapidamente ao ataque.


Lembrando mais uma vez: vamos com muita calma nesta hora que ainda só jogamos pelo Mineiro em 2018. Teoricamente e tecnicamente ainda não enfrentamos nenhuma equipe do nível que iremos encarar na Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil.


Washington Alves/Cruzeiro
Washington Alves/Cruzeiro

Como é bom ver o Robinho em campo, e não parado no DM!


Mas que está dando gosto ver Thiago Neves, Robinho e Rafinha jogando da mesma forma como terminaram a temporada passada, isso está! A falta que o TH30 bateu ontem parecia que foi cobrada com as mãos. E que as lesões fiquem longe do Robinho, amém! Já o Rafinha, era um jogador que de coadjuvante passou a ser um motorzinho no Cruzeiro. Aquilo que todos nós sempre esperávamos do Élber, mas que nunca foi e conseguiu ser. Ele até ganhou um novo apelido entre a torcida azul: 'Neyfinha'.


Um porém que destacaria ainda sobre esse jogo da terceira rodada do Mineiro é a zaga com Manoel. Não sei se neste momento ele seria o melhor parceiro para atuar ao lado do menino de ouro Murilo. Ainda prefiro e tenho mais confiança - meu Deus, não acredito que estou escrevendo isso, no Leo como dupla de zaga. Pode ser para dar ritmo e voltar com ele aos poucos e em um bom gramado.


Mas calma, Frank. Ainda são jogos apenas pelo Mineiro...