O encanto de Fred no Cruzeiro está só recomeçando

Sérgio Roberto/Lightpress/Cruzeiro
Sérgio Roberto/Lightpress/Cruzeiro

Sabe o seu time? O Fred vai marcar contra ele!


A torcida do Cruzeiro estava com um grito agarrado na garganta há mais de 13 anos. Aquele grito de alegria. Grito de felicidade. Grito de comemorar um gol do Fred vestindo a camisa azul. Aquele grito que começou aqui e que só nós podemos gritar com propriedade: 'Uuuuuuu, terror, o Fred é matador'!


ESPN.COM.BR | Fred desencanta, e Cruzeiro vira sobre Tombense no Mineiro


O palco traz boas lembranças. Jogar em Ipatinga é quase sinônimo de estar em casa para o Cruzeiro. Todo mundo sabe que o Vale do Aço é azul. E em 2005, na segunda fase da Copa do Brasil daquele ano, Fred marcou duas vezes contra o time da casa e foi a primeira vez que pude ver o artilheiro, ao vivo, em campo. Quando vi a tabela do Mineiro, já esperava que o gol do matador iria sair lá na região.


Alguns torcedores questionaram e reclamaram em redes sociais pela 'demora' de Fred em marcar o seu primeiro gol no retorno ao Maior de Minas. Não vi problema nenhum nisso. Tudo tem a sua hora e lugar para acontecer.


Sérgio Roberto/Lightpress/Cruzeiro
Sérgio Roberto/Lightpress/Cruzeiro

Todo mundo sabe, mas não custa ressaltar: Ipatinga e todo o Vale do Aço são azuis e quando o Cruzeiro joga no Ipatingão, é como se estivesse jogando na sua segunda casa!


Nas primeiras três partidas, o Dom Fredom se movimentou bem, deu passe para os companheiros de time e contou com o azar de sempre os goleiros do interior jogarem a vida contra o Cruzeiro e pegarem tudo. Sem contar que o nosso camisa 9 ainda estava passando por um processo de 'desfranganização' e de mau olhado por parte da torcida do time de Vespasiano que até hoje não aceita ter perdido artilheiro para o maior rival.


E sobre questões ou polêmicas envolvendo negócios e políticas do Cruzeiro, que se resolva no ambiente que deve ser resolvido. Não é jogador que tem que ficar falando de multa ou de pagamento de valores. Que isso fique com a diretoria e que faça o que tiver que ser feito.


Depois da partida, o próprio Fred, ao invés de ser questionado sobre o gol e blá-blá-blá de sempre, foi perguntado se deixaria o clube, por causa de uma manchete de um jornal de grande circulação em BH. Sério, gente? Brincadeira. E de mau gosto.


O melhor foi a resposta do Fred.



"A gente vê que algumas manchetes são negativas, (alguns jornalistas) precisam disso para vender. Falaram que tenho a chance de rescindir... Fiz de tudo para voltar ao Cruzeiro, vê se eu ia sair? Quero fazer muitos gols, cumprir os três anos de contrato que tenho com o Cruzeiro, ganhar muitos títulos."



Agora, o Fredom chega aos 57 gols com a camisa celeste e todos nós esperamos que a zica tenha saído e que daqui para frente seja um gol atrás do outro!


E para não dizerem que não falei do Mineiro, o campeonato está servindo, até agora, como uma ótima pré-temporada para o Cruzeiro. Disse, repito e reafirmo: o time deve oscilar um pouco entre as partidas jogadas no Mineirão e as foras da Toca III. É bom ver a Raposa na ponta da tabela. Mas, melhor que isso, é ver o time jogando bem e mostrando que o ano, que está apenas começando, promete ser de alegrias para a China Azul.


Sérgio Roberto/Lightpress/Cruzeiro
Sérgio Roberto/Lightpress/Cruzeiro

Até que o Mineiro está servindo, até agora, como uma ótima pré-temporada para o Cruzeiro


Semana que vem fazemos o tira-teima contra o América para ver quem será o líder isolado do Mineiro. Esse também será o nosso primeiro grande confronto na temporada.


No mais, só na torcida para comemorar mais um gol do Fred!