Tudo o que você precisa saber sobre a Flórida Cup, essa Primeira Liga com parque temático

O que é a Florida Cup? Realizada desde 2015, a Flórida Cup é um torneio internacional disputado, sim, você adivinhou, na Flórida. Normalmente a atração principal é o confronto entre times da América do Sul e Europa, e aí às vezes tem um time americano mas pode aparecer gente do resto da Concacaf também, porque campeonato amistoso é aquela bagunça bonita. Sabe quando você tá lendo a página de esportes e aparece uma foto de um time completo na Disney e você fica pensando “como assim a pré-temporada moendo e os caras de sacanagem abraçando o Mickey”? Então, essa galera com certeza tá na Flórida Cup.

Como é o regulamento? Uma das vantagens de criar seu próprio torneio é que você pode ser bem freestyle no regulamento e os americanos levaram isso bem a sério. O Flamengo irá disputar a competição com São Paulo, Ajax da Holanda e Eintracht Frankfurt da Alemanha, mas irá enfrentar apenas os europeus, sem jogar contra o outro clube brasileiro, partida essa que, se eu entendi bem, será substituída por um show da Ivete Sangalo. Jogo que terminar empatado tem disputa de pênaltis e o time leva dois pontos – se ganhar no tempo normal são os três de sempre. Leva o torneio quem fizer mais pontos nessas duas partidas e os critérios de desempate são saldo de gols, gols pró, confronto direto e menos cartões, nessa ordem. Ivete Sangalo não recebe pontos pelo show. 


Site da Florida Cup
Site da Florida Cup

Diego é o principal destaque do Flamengo na divulgação? Sim. Sabemos se ele vai continuar no Flamengo? Aí não.


Contra quem vamos jogar? Vice-líder do Holandesão, o Ajax também está envolvido na disputa da Liga dos Campeões, onde enfrenta o Real Madrid nas oitavas de final após se classificar em segundo num grupo com Bayern, Benfica e AEK. É o time que todo mundo quer pegar no FIFA 19? Não é, mas os caras empataram com o Bayern fora de casa e tem ótimos jovens jogadores como David Neres, Frenkie de Jong e Matthijs de Ligt – além do eterno Huntelaar. Em suma, não é exatamente enfrentar o Madureira comandado por Souza Caveirão.

Já o Eintracht Frankfurt é o sexto colocado do Alemãozão, e está na segunda fase da Liga Europa após se classificar com facilidade em primeiro num grupo com Lazio, Apollon de Chipre e Olympique – por sinal o Olympique ficou atrás do clube cipriota, algo que não tem nada a ver com a gente mas é bem triste se você for pensar. Os destaques do time são Rebic, titular na campanha croata do vice-campeonato na Copa de 2018 e Haller, outro atacante que vem em grande fase e já fez 12 gols e 11 assistências na liga nacional nessa temporada.

Serve pra alguma coisa? Se o Campeonato Carioca é uma pré-temporada (mais ou menos) de luxo, a Flórida Cup é uma pré-pré-temporada em que o Pará vai tirar foto com o Donald e você vai pensar que talvez o pato com roupinha de marinheiro acerte mais cruzamentos. Tem clube que ganhou torneio assim e 50 anos depois disse que deveria valer como Mundial? Tem, claro, mas eu gosto de pensar que estamos num nível acima disso e não precisamos ter essas conversas.

A competição serve então um pouco para medir forças com clubes europeus – o futebol brasileiro anda tão defasado diante dos grandes centros que mesmo uma vitória contra um Ajax que está só fazendo hora até chegar sua vez na fila da montanha-russa do Busch Gardens seria um ótimo sinal – e também para podermos observar o que Abel Braga planeja para a equipe taticamente, além de, é claro, ser um momento para observar jovens promessas e as contratações que já estão com o grupo.

Vitor Gabriel receberá chances? O volante Ronaldo finalmente vai entrar em campo? Rodrigo Caio fará um gol em posição duvidosa e se a competição não tiver VAR ele mesmo vai tirar um celular do bolso e assistir o replay da jogada junto com o juiz, pois é o zagueiro mais honesto do Brasil? Essas e outras questões tendem a ser respondidas a partir de hoje, quando o Flamengo, às 22:00, entra em campo contra o Ajax pela Flórida Cup 2019.