Sem dinheiro, Inter fechará o ano sem contratações de impacto

Mariana Capra
Mariana Capra

Renovação de D'Alessandro foi a melhor notícia do final de ano colorado


Não é novidade para ninguém que o Inter passa por dificuldades financeiras. Por conta disso, acredito que nenhum colorado esperava grandes contratações nesse final de ano. Mas, se os primeiros reforços anunciados pela direção de futebol não empolgam, ao menos uma boa notícia tivemos nos últimos dias: D’Alessandro permanecerá no Beira-Rio por mais duas temporadas.


Internacional.com.br | D'Alessandro renova contrato com o Inter


Comecemos pelo ROGER: é inegável que fez uma bela temporada pelo Botafogo, mas está longe de ser um jogador que chega para cumprir uma carência do time. Pergunte a qualquer colorado em qual posição o clube deveria investir e, em 90% dos casos, a resposta será: lateral-direito. Nos outros 10%, a resposta será: zagueiro. Pode haver alguma variação nesses números, mas dificilmente CENTROAVANTE aparecerá entre as preferências do torcedor, até porque Leandro Damião respondeu muito bem na sua volta ao clube. Mas há quem prefira ver William Pottker no comando do ataque ou até mesmo Nico López. Ou seja, Roger pode ser um bom reforço, mas não era o que precisávamos para o momento.


Para o momento, precisávamos, e continuamos precisando, de um LATERAL-DIREITO em condições de titularidade absoluta. Não me parece ser esse o caso de Ruan, contratado junto ao Boa Esporte. Sinceramente, não lembro dele (porque realmente não me dediquei a analisar os adversário do Inter na Série B); então também não quero ser injusto com o cara. Mas, considerando o que tivemos à disposição, essa era uma das principais lacunas no grupo colorado e deveria ser motivo de um investimento à altura por parte do clube.


O mesmo vale para a posição de ZAGUEIRO, para a qual temos apenas Victor Cuesta como jogador afirmado. Todos os demais que atuaram ao seu lado tiveram (poucos) bons e (muitos) maus momentos, muitas vezes sendo responsáveis diretos por resultados de empate ou derrota que impediram o Colorado de levantar a taça ao final da competição. Klaus chegou a fazer uma ótima sequência antes de se lesionar, mas Léo Ortiz e, principalmente, Danilo Silva foram terríveis. Ao menos aqui a direção concorda com a necessidade de investimento, o que não justifica a fixação em Rodrigo Moledo, como se não houvesse nenhuma outra opção no mercado.


Mas, se ainda não conseguiu fechar com nenhum zagueiro decente, a direção foi buscar no Paraná "um dos pilares do time que conseguiu o acesso para a Série A após 10 anos". Lendo isso, parece que estamos diante de um novo craque da posição, certo? Não sei se Gabriel Dias vale toda essa pompa, mas esse entrou na cota de VOLANTES que o Inter sempre contrata a cada início de temporada. Vamos combinar: se seguir a média dos últimos anos, devem vir mais uns dois ou três sem que nenhum deles faça o torcedor colorado lotar o aeroporto para recebê-lo.


Divulgação/SC Internacional
Divulgação/SC Internacional

Gabriel Dias faz parte da cota de volantes que o Inter contrata a cada início de temporada


Internacional.com.br | Inter acerta mais dois reforços para 2018


Diante desse cenário, a melhor notícia acabou sendo a renovação do D’Ale. Até tentaram fazer um suspense fajuto sobre sua permanência no Beira-Rio, mas era esperado que nosso capitão seguisse no Colorado. A dúvida, na verdade, ficava por conta do período. E com D’Alessandro no time, aumentam nossas chances de permanência na Série A em 2018 e possibilidades de título para 2019.


Pois é, eu resolvi manter minha expectativas baixas; não apenas por minha saúde, mas também pela saúde do próprio Inter. Depois de gestões perdulárias, que muito gastaram e pouco geraram dinheiro pro clube, está na hora de o Colorado iniciar uma temporada com os pés no chão. Por conta disso, saúdo a manutenção de ODAIR HELLMANN no comando técnico (mesmo que tenha sido por falta de opções) e entendo que deve ser mantida uma base desse ano para o próximo. Precisamos disso. Para que, passo a passo, possamos recolocar o Inter no seu devido patamar. Se não mais um Campeão de Tudo, sempre o Clube do Povo que leva a plagas distantes seus feitos relevantes.


Feliz Natal e um ótimo 2018 pra todos nós!


#VamoInter
#NadaVaiNosSeparar
#ClubeDoPovo