A Inter entrou de férias e esqueceram de avisar o torcedor

Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale

Imagem da mais nova derrota nerazzurra, Icardi se rendeu à marcação adversária, perdeu pênalti e não conseguiu liderar uma equipe sem determinação


É, amigo interista, e você achou que iria passar o Ano Novo feliz da vida, né? Mas assim é a Inter dos anos 2010. Quando menos você espera, ela vai lá e te decepciona com um golpe doloroso no coração e nos olhos. Depois de 16 rodadas de invencibilidade na Serie A, agora são duas derrotas seguidas, liderança perdida e posição menos confortável no G4. Aquele climão que já estamos acostumados a virar o ano voltou com tudo.


Como contra Pordenone e Udinese, é difícil explicar o novo tropeço do time de Luciano Spalletti. Houve organização, volume de jogo e controle sobre um adversário inferior, mas bastou um erro para acabar com a confiança da equipe, que novamente não conseguiu se reerguer. Até mesmo Icardi se afundou depois do pênalti perdido, retratando um grupo que desde o gol sofrido jamais deu mostras de reação.


A queda também chega em um momento perigoso da temporada. Depois de ter perdido a primeira posição, a Inter viu Napoli e Juventus recuperarem o ritmo e abrirem vantagem, enquanto Roma e Lazio, ambas com uma partida a menos, se aproximaram. Além do confronto direto contra os laziale na última partida do ano no outro sábado, nesta quarta-feira tem um decisivo Derby della Madonnina pelas quartas de final da Coppa Italia.


E agora? Eu realmente não sei. Vamos ver o que a próxima semana nos reserva.