Como a transferência frustrada de Alex Teixeira para o Corinthians afeta a Inter

Getty Images
Getty Images

Alex Teixeira esteve muito próximo de reforçar o Corinthians, mas o Jiangsu Suning deu para trás e melou a transferência


Uma das principais notícias do último final de semana foi o empréstimo encaminhado do Corinthians por Alex Teixeira, contudo, a janela de transferências da Super Liga Chinesa foi oficialmente fechada hoje e o meia-atacante acabou permanecendo no Jiangsu Suning. O que isso tem a ver com a Inter? Bastante, na verdade. Se a diretoria interista acumula confusões há anos, isso também está ligado com a nova gestão do clube.


Antes, uma breve explicação: como sabemos, a Inter tem como principal acionista o grupo chinês Suning, que controla o clube da sua sede (Nanquim), o Jiangsu Suning, e a própria Beneamata, detendo quase 70% das ações desde julho de 2016. Ex-diretor esportivo de Roma, Lazio e Palermo, Walter Sabatini é o coordenador técnico do projeto futebolístico da Suning Sports e está em constante contato com Piero Ausilio, diretor esportivo interista.


Voltando ao assunto Alex Teixeira, uma declaração de Sabatini na última segunda-feira chamou bastante a atenção dos nerazzurri por estar indiretamente ligado a tudo que aconteceu na última janela de transferências europeia. Perguntado pelo UOL Esporte sobre a transferência do brasileiro, ele afirmou que "as chances no momento são zero. O Corinthians lutou bastante. Mas os chineses mudaram de ideia no momento final. Isso acontece com frequência".


Getty Images
Getty Images

Coordenador técnico da Suning Sports, Sabatini não escondeu a insatisfação com as decisões de seus chefes


“Isso acontece com frequência”. Não é uma indireta, é uma entrada de carrinho em Marco Materazzi. Principal responsável pela gestão esportiva de Jiangsu e Inter, Sabatini é quem aparece diante das câmeras, mas não é exatamente quem toma as decisões, e parece bastante exausto com as confusões criadas por seus chefes desde que assumiu o cargo em maio do ano passado.


O que aconteceu com Alex Teixeira é que os diretores mudaram os valores e depois vetaram sua saída. Como a Inter, o Jiangsu não tem contado com grandes investimentos da Suning e nesta janela,saíram Roger Martínez, Benjamin Moukandjo, Trent Sainsbury e Hong Jeong-ho, poupando bastante a folha salarial. Foram contratados Gabriel Paletta, que estava sem clube, e Richmond Boakye, por cerca de 5 milhões de euros, se juntando ao ex-Vasco e Ramires, completando a cota de estrangeiros do time de Fabio Capello.


Isso se deve a várias mudanças na China, que entre outras situações passou a controlar mais os gastos com o esporte, em especial na milionária Super Liga, e porque o proprietário do grupo, Zhang Jindong, se tornou delegado do Congresso Nacional do Povo. Como um representante do principal órgão legislativo do país, Zhang precisa manter as aparências de um empresário preocupado com sua terra e isso mudou sensivelmente a política da Suning Sports.


Getty Images
Getty Images

Uma vez e nunca mais: Zhang desapareceu da mídia e nunca mais deu satisfação os interistas diante da sua gestão problemática


Depois do mercado conturbado no inverno, em que os problemas do elenco nerazzurro não foram solucionados, não há muita expectativa de mudança no verão. O clube precisa caminhar sozinho sem as intervenções de seus sócios, e por isso é urgente a volta para a Liga dos Campeões - além do que a competição representa futebolisticamente -, mas tem uma conta muita pesada para pagar diante das suas necessidades.


Caso a equipe finalmente retorne para o futebol europeu que conta, João Cancelo e Rafinha deverão ser contratados em definitivo por causa das cláusulas de compra acordadas com Valencia e Barcelona, somando 70 milhões de euros ainda em junho. Mais do que isso, precisa respeitar os parâmetros do Fair Play Financeiro e terá limitações para inscrever os jogadores contratados após sua última participação em uma competição da Uefa, a Liga Europa de 2016/17.


Destaque na vitória do Racing sobre o Cruzeiro na terça-feira, Lautaro Martínez pode ser o próximo grande investimento da Inter, que tem conversas adiantadas com o clube argentino e o estafe do jovem atacante argentino, já avaliado em mais de 20 milhões de euros. Por isso não será surpresa se Mauro Icardi sair, já que tem cláusula de rescisão de 110 milhões de euros que pode ser ativada somente em um intervalo de duas semanas também em junho.


Mais lenha para a torcida queimar a direção do clube e a própria Suning, que também foi pressionada na sua terra.