A Inter não despertou e agora tem o Diabo pela frente

Getty Images
Getty Images

Símbolo interista, Prisco foi lembrado pela Curva Nord por suas provocações ao Milan. Esta é de 2003, menos de dois anos depois de sua morte, e é bastante pesada: "esta é minha saudação eterna a vocês vermes do inferno"


Há pouco mais de um mês, após o empate no San Siro com a Roma, falamos sobre a urgência da Inter de reagir no campeonato. Contra Spal, Crotone, Bologna, Genoa e Benevento, a Beneamata tinha a oportunidade de aproveitar o bom final de partida contra os giallorossi e usar como gás para voltar a abrir vantagem no G4. Contudo, o que vimos repetidamente foi a equipe fazer sua pior partida do ano a cada rodada.


Dos 15 pontos disputados, apenas oito foram conquistados, com duas vitórias e dois empates. O time, inclusive, sofreu a terceira derrota no campeonato e pela primeira vez na temporada não esteve na zona de classificação para a próxima Champions League, ao final da rodada 25. No último domingo, porém, conseguiu recuperar a quarta posição depois de ter batido o lanterna Benevento, mas somente graças à vitória do Milan contra a Roma.


Leia também: Prisco, o senhor Inter


E justamente o Diavolo será o próximo adversário. 11 rodadas atrás, quando a Inter liderava a Serie A depois de ter goleado o Chievo no começo de dezembro, a diferença era de 18 pontos e haviam seis equipes entre os dois rivais de Milão. Depois da 21ª rodada, quando empatou com a Roma, a vantagem tinha diminuído para 12 pontos, e agora, na 26ª rodada, apenas sete pontos separam nerazzurri e rossoneri.


A arrancada do time de Gennaro Gattuso começou justamente na fatídica vitória nas quartas de final da Coppa Italia, eliminando Luciano Spalletti e companhia. Desde então foram 12 partidas e nenhuma derrota sofrida, acumulando classificações para a final da Coppa Italia e oitavas de final da Europa League, além de ter empatado com a Sampdoria na luta pela última vaga europeia - mas evidente que esse não é o objetivo do vizinho.


Getty Images
Getty Images

Em 2012, foi a vez da Curva Sud zoar: "ver vocês em maio virou uma miragem", em relação à ausência da Inter na Champions League, competição que não disputa desde então


Leia também: Com a benção de Icardi, Milão é nerazzurra


No próximo domingo, e, pasmem, sem transmissão ao vivo no Brasil, A Bem Amada e O Diabo estarão frente a frente mais uma vez, e nem deus sabe o que vai acontecer, mas há muito em jogo no 190º encontro pelo campeonato para a dupla de Milão.


P.S. - A próxima sexta-feira, dia 9, será o aniversário de 110 anos da Inter, e o blog reproduzirá algumas das histórias contadas pelo especial que o clube tem feito há quatro meses e que você pode conferir aqui, começando pelo palco do jogo deste domingo, que mais uma vez estará com capacidade máxima - agora com maioria rossonera.