Inter volta aos trabalhos longe dos holofotes

Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale


Um mês e meio depois de férias, a Inter voltou aos trabalhos no campo nessa segunda-feira. Sob o comando de Luciano Spalletti e sua equipe, os jogadores fizeram exercícios de recuperação física na manhã e durante a tarde realizaram uma atividade com a bola em que todos os novos contratados - De Vrij, Asamoah, Nainggolan, Politano e Martínez - participaram.


A novidade desta pré-temporada é que a preparação será realizada no centro de treinamento em Appiano Gentile. Por questões de logística, a Inter não subirá para os Alpes como tradicionalmente acontecia no verão em Brunico ou Pinzolo, e, a pedido de Spalletti, não fará turnês desgastantes por Ásia ou Estados Unidos, participando apenas de amistosos na Europa. Além do mais, os treinos serão fechados e a presença da torcida, limitada.



"Continuar em Appiano era a melhor opção. Tudo está disponível aqui e não perderemos tempo com viagens. Mais tarde avaliaremos uma solução para os torcedores."


- Luciano Spalletti em entrevista à Ansa



Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale


Além dos “mundiais” Miranda, Brozovic, Vecino e Perisic, que terão férias prolongadas por causa da Copa do Mundo, D’Ambrosio e Icardi foram os únicos convocados que não tocaram na bola e se limitaram a trabalhos específicos. 24 jogadores foram relacionados para as duas primeiras semanas de preparação na Pinetina, que será realizada entre os dias 9 e 22, sendo 18 do time principal e seis do setor juvenil.



Goleiros: Berni, Dekic, Handanovic e Padelli
Defensores: D'Ambrosio, Dalbert, De Vrij, Nolan, Ranocchia, Skriniar e Zappa
Meio-campistas: Asamoah, Candreva, Emmers, Gagliardini, Nainggolan, Roric e Valero
Atacantes: Colidio, Éder, Karamoh, Icardi, Martínez e Politano



Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale


Vladan Dekic, goleiro sérvio ‘99, atua no time sub-19 desde 2016, foi titular na Youth League e será o goleiro principal agora que Marco Pissardo não pode jogar mais na categoria. Ryan Nolan, zagueiro irlandês ‘99, está na Inter há três anos e foi titular na campanha do time que ganhou o Campeonato Primavera e a Copa Viareggio. Gabriele Zappa, lateral-direito italiano ‘99, também fez parte do grupo comandado por Stefano Vecchi e disputou posição com Federico Valietti, vendido ao Genoa, e será protagonista em 2018/19.


Xian Emmers, meio-campista belga ‘99, é uma das estrelas do time Primavera e brilhou na última temporada como o jogador mais consistente da equipe. Versátil, pode desempenhar qualquer função no setor com ótimos atributos técnicos e físicos, o que lhe valeu vários treinamentos no time principal e pode fazer com que seja integrado ao grupo em 2018/19. Seu provável substituto no sub-19 é Maj Roric, meio-campista esloveno ‘00, titular do sub-17 no último ano e que também jogou em Viareggio.


Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale


Facundo Colidio, atacante argentino ‘00, foi contratado junto ao Boca Juniors em 2017 por sete milhões de euros, se tornando o jogador menor de idade mais caro da história da Inter. Depois de um período de adaptação, virou titular absoluto do sub-19 e participou decisivamente dos títulos do Campeonato e da Supercopa Primavera, inclusive marcando nas duas finais. Habilidoso, jogou como centroavante e ponta no último ano e deverá seguir mais uma temporada na categoria, também treinando com o time principal.


Com esse grupo, a Inter fará dois amistosos na Suíça, o primeiro neste sábado contra o Lugano, a pouco mais de 30 km de Appiano Gentile, e o segundo na quarta-feira da próxima semana contra o Sion, a cerca de 250 km de Milão. Depois, a preparação seguirá com amistosos em Sheffield, Nice, Lecce e Madri, com a programação de treinos ainda a ser definida - mais detalhes aqui.




 

9.07.2013 - 9.07.2018 📆 182 👕 107 ⚽ 23 👟 ....TO BE CONTINUED....💪 #MI9 🔵⚫ #Inter


Uma publicação compartilhada por Mauro Icardi (@mauroicardi) em





Hoje também foi um dia especial porque cinco anos atrás Icardi foi contratado. O capitão interista seguiu seu papel ao ser o primeiro a falar em nome do grupo sobre a nova temporada e também reforçou seu compromisso com o clube em meio às especulações de uma mudança para o Real Madrid caso Cristiano Ronaldo vá para a Juventus. No momento, seus representantes estão negociando mais uma renovação com um generoso aumento salarial, enquanto sua cláusula rescisória de 110 milhões de euros vencerá neste domingo.



"Depois de um mês e meio, estávamos sentindo um pouco a falta de rotina de treinos. Todos nós queremos começar a próxima temporada e jogar na Liga dos Campeões, que era nosso objetivo.


Será uma pré-temporada diferente dessa vez. Vamos nos preparar bem para a Liga dos Campeões, o campeonato e desenvolver uma química com os novos companheiros de time. Eu dou as boas-vindas a eles, como fiz antes por telefone, e precisam entender como a Inter é uma família. Hoje nos encontramos no primeiro treinamento e espero continuar a preparação no melhor caminho possível.


Eu agradeço os torcedores que foram ao estádio, aos que nos acompanharam nos jogos longe de casa e os que assistiram de casa ao redor do mundo. Eu preciso agradecê-los pela paixão pela Inter. Nós conseguimos sentir isso e sabemos que precisamos dar o nosso melhor por eles."


- Mauro Icardi em entrevista à Inter TV



Divulgação/Internazionale
Divulgação/Internazionale


Na primeira atividade com bola na pré-temporada, Spalletti trabalhou com nove jogadores de cada lado e fez várias intervenções ao longo do treinamento. Enquanto Handanovic e Padelli ficaram nos gols, o time de colete teve Zappa, Nolan, Skriniar, Asamoah, Gagliardini, Valero, Candreva, Martínez e Karamoh, já Roric, De Vrij, Ranocchia, Dalbert, Emmers, Nainggolan, Politano, Éder e Colidio completaram o time sem colete.


Destaque para Lautaro, autor de dois gols na atividade e já entrosado com Karamoh e Candreva, mas também para as boas jogadas de Politano e Nainggolan na outra equipe. O canal do clube no YouTube disponibilizou pouco mais de 10 minutos do trabalho e que pode ser observado abaixo.


Com o grupo praticamente fechado, na espera por Miranda, Brozovic, Vecino e Perisic, além de mais duas ou três contratações (um lateral-direito, um volante e talvez Malcom ou Rafinha), assim será a preparação para a temporada mais importante da Inter em sete anos com sua volta para a Liga dos Campeões: fechada na Pinetina e longe dos holofotes das longas turnês intercontinentais.