Em terras francesas: notas do jogo

As notas de Lyon 0-1 Juventus pela Liga Europa. O relato de jogo está neste link aqui.


Buffon, o Super-homem: uma grande defesa em chute de Malbranque, no primeiro tempo. Nada mais que o natural (7)


Cáceres, o Esqueleto: até esqueci da partida meia-boca que fez quando chegou junto em Briand e atrapalhou o atacante do Lyon num contra-ataque perigosíssimo (5)


Bonucci, o Pirlo da zaga: o cara fez o gol da vitória, pô. Aos 41 minutos do segundo tempo. Mais clutcher que Kobe Bryant (8,5)


Chiellini, o Caterpie: apareceu livre (!) na ponta direita (!) durante uma jogada de ataque (!) e errou um cruzamento-chute (!). Foram muitas coisas estranhas em segundos. Mas foi bem demais na defesa (7,5)


Isla, o Come-quieto: fez boa partida atacando e defendendo Bedimo, mas esperava um pouco mais (6). Saiu para a entrada de Lichtsteiner (s/n)


Pirlo, Deus: não sofreu tanto com a marcação de Malbranque, porém, teve sua movimentação reduzida por conta disso. Alguns lançamentos foram os de sempre (6,5)


Pogba, Pelé de ébano: deixou seus compatriotas perdidos depois de lances absolutamente geniais. Pena que virou uma bicicleta sem pedal (7,5)


Jean Catuffe/Getty Images
Jean Catuffe/Getty Images

Bonucci soma três gols na temporada 2013-14, um a mais que Osvaldo e Vucinic


Marchisio, o Príncipe: volta Vidal, por favor (5)


Asamoah, o Altitude de La Paz: sempre opção pela esquerda, batendo de frente com Tolisso. Faltou aproveitar a infiltração. E acerta os cruzamentos, Kwadwo! (6)


Tévez, o 2º Camisa 10: jogou por ele e por Osvaldo. Não fique tanto tempo no departamento médico (6,5). Saiu para a entrada de Vucinic (5,5)


Osvaldo, o Johnny Depp: única grande ("grande") chance foi uma finalização bloqueada por Umtiti. Merece chá de banco (3). Saiu para a entrada de Giovinco (6,5)


Antonio Conte: não tirou Osvaldo com um jogo de atraso. Fim (5)