Juve tem vantagem nos últimos jogos contra a Roma

A Juventus tem uma ampla vantagem contra a Roma, historicamente. Em 180 partidas diante o adversário giallorosso, a Velha Senhora soma 85 vitórias e 44 derrotas. 


A história do confronto é rica, cheia de gols (média de 2,6 por partida), mas o que vale mesmo são os últimos anos, pois. Após as passagens de Claudio Ranieri e Zdenek Zeman, a Roma começou sua reestruturação com Luis Enrique para a chegada de Rudi García, que deu nova cara ao time. A Juve, pós-retorno à primeira divisão e passagem fraca de Gigi Del Neri, alcançou o tricampeonato consecutivo sob as diretrizes de Antonio Conte.


Nos últimos dez confrontos, assim como na história do clássico, a Juventus tem a vantagem: são seis vitórias e três derrotas, sendo duas delas longe de Turim. O clássico realizado mais recentemente, em maio, foi o mais emocionante deste levantamento. 


Aos jogos:


Juventus 0-2 Roma
27 de janeiro de 2011, Olímpico de Turim, Coppa Italia


Nível de emoção: 8/10


Defesa espetacular de Storari em cabeçada de Mexès, pênalti não marcado do francês em Del Piero e gols maravilhosos de Vucinic e Taddei (de voleio). Clássico bem bacana, mas que só a Roma jogou.



Roma 0-2 Juventus
3 de abril de 2011, Olímpico de Roma, Serie A


Nível de emoção: 9/10


Juventus tomou um baita sufoco, mas foi uma das melhores partidas daquela temporada. Storari, o corpo fechado, parou Totti e Vucinic com defesas absurdas e a Velha Senhora não foi vazada também porque Menez acertou a trave. Krasic balançou a rede com um sem-pulo e Grosso assistiu Matri em um dos gols. Rolou críticas no lado giallorosso após o jogo: Totti seria mais um problema tático que uma solução técnica à equipe.



Roma 1-1 Juventus
12 de dezembro de 2011, Olímpico de Roma, Serie A


Nível de emoção: 6/10


Gol de De Rossi com falha bizarra de Vidal. Empate de Chiellini depois de um chute estranhíssimo de Estigarribia. Buffon pegou pênalti de Totti e Stekelenburg parou meia dúzia de finalizações juventinas. Assisti melhores.



Juventus 3-0 Roma
24 de janeiro de 2012, Arena Juventus, Coppa Italia


Nível de emoção: 7,5/10


RETE CLAMOROSA MADONNA MIA de Del Piero. Que chute, que golaço, que tudo. Até Giaccherini ficou entre os marcadores do confronto por conta da defesa completamente desajustada da Roma.



Juventus 4-0 Roma
22 de abril de 2012, Arena Juventus, Serie A


Nível de emoção: 7/10


Nota razoavelmente alta somente pelo placar elástico. A Juventus abriu dois gols de vantagem antes mesmo dos 10 minutos do primeiro tempo. Stekelenburg e Curci – substituindo o goleiro expulso da Roma – sofreram devido ao bombardeiro de Marchisio, Quagliarella, De Ceglie e Vidal. Fácil demais.



Juventus 4-1 Roma
29 de setembro de 2012, Arena Juventus, Serie A


Nível de emoção: 8,5/10


Também foi goleada, mas a Roma ofereceu certo perigo a Juventus nesta partida. A Juve fez 3 a 0 em 20 minutos, com Vidal (duas vezes) e Matri. Os giallorossi não fizeram um jogo bom, porém, chegaram ao ataque, sobretudo com Osvaldo e Destro, no segundo tempo. Gol final foi marcado por Giovinco após excelente jogada de Barzagli, que deu CHAPÉU em Taddei no campo de defesa, PUXOU contra-ataque e deu passe em ponto futuro. Um semi-craque.



Roma 1-0 Juventus
16 de fevereiro de 2013, Olímpico de Roma, Serie A


Nível de emoção: 8,5/10


Enquanto Stekelenburg salvou entre as balizas da Roma (e Vucinic errou suas finalizações), Totti marcou um golaço absurdo pra dar a vitória ao time da capital. Míssil, torpedo. Remate tão potente quanto o de Ronny, ex-Sporting.



Juventus 3-0 Roma
5 de janeiro de 2014, Arena Juventus, Serie A


Nível de emoção: 8/10


Jogo em pegada dos realizados em 2012. A diferença foi que a Juventus não marcou o primeiro gol tão cedo – saiu aos 17 da etapa inicial. Pjanic e Ljajic causaram um estrago pelo lado direito e a Juve contou com boa partida de Buffon (e da zaga como um todo). A partida foi completamente controlada pelos bianconeri após as duas expulsões da Roma – De Rossi, com um carrinho violento, e Castán, tirando a bola com a mão em cima da linha do gol.



Roma 1-0 Juventus
21 de janeiro de 2014, Olímpico de Roma, Coppa Italia


Nível de emoção: 5/10


Semanas após o confronto acima, a Roma eliminou a Juve da Coppa Italia com um gol de calcanhar de Gervinho. Chocante, bastante chocante. O técnico Conte ficou na bronca porque Peluso teve um gol invalidado, depois de cruzamento de Isla, por impedimento.



Roma 0-1 Juventus
11 de maio de 2014, Olímpico de Roma, Serie A


Nível de emoção: 10/10


Foi um grande jogo que rendeu a Juventus o recorde de 99 pontos na liga. Torosidis, Nainggolan, Destro, Pjanic, Gervinho. Todos pararam em uma atuação exemplar de Storari. Do outro lado, Skorupski não fez feio – e ele ainda viu Pogba acertar a trave. Vitória foi conquistada com Osvaldo, com um gol no último minuto.



_


Curiosidade: Juventus e Roma se enfrentaram apenas duas vezes na história quando dividiam a liderança do campeonato - um empate em 0 a 0, em 1997, e 2 a 2, em 2003.


Ouça também o podcast sobre Juventus x Roma, com a participação deste blogueiro, Leonardo Bertozzi e Gian Oddi.