Liverpool e o bode expiatório da vez

Os 5x0 que tomamos do City doeram demais. Trouxeram (e ainda trazem) consequências amargas. Seqüelas técnicas que mudaram o curso da temporada. Mas tudo isso porque Mané foi expulso, de forma polêmica, talvez, ainda no primeiro tempo. O jogo estava parelho até então. Depois, com 10 homens no Etihad, foi um atropelo. Abraçamos essa desculpa. Certo.


E ontem? 4 do Tottenham. A culpa é de quem? Klopp, de forma até covarde, escancarou pro mundo que Lovren fora o bode expiatório da vez, ao tirar o zagueiro com 30 minutos do primeiro tempo por deficiências técnicas. É a velha máxima da tartaruga no topo do poste. O lugar dela não é ali. E ela não subiu no poste sozinha. Alguém colocou o bicho ali. Certo?


Getty Images
Getty Images

Klopp queimando seu jogador de confiança. Esse é o caminho?


Qualquer torcedor do Liverpool sabe o quão irregular é o zagueiro croata, assim como todo o resto de nossa defesa. Lovren alterna entre partidas horrorosas, como a de ontem, e outras medianas. Nunca foi ou será um zagueiro World Class. Até Ray Charles veria isso, se estivesse vivo. E, como eu  disse, ele não é o único problema. Nossa defesa inteira, desde sempre, é uma grande piada. Nosso goleiro entregou a paçoca 2 vezes, primorosamente. E Migno não fez uma única defesa no jogo. A rebatida de Matip para o gol de Dele Alli foi digna de pelada de final de semana. Daí complica.


Só que, no meu modo de ver, a culpa não é deles. Das tartarugas. Dos bodes. O animal que você quiser. A culpa é de quem confiou neles e disse publicamente que não precisava de zagueiros novos. Que confia nos seus goleiros, mesmo que falhem em 50% das partidas. A culpa é de quem, mesmo com dinheiro no bolso, não buscou reforçar o setor defensivo na janela. Ox custou 40M. Dava para comprar ao menos um bom zagueiro com essa quantia. Mas a teimosia na busca incessante pelo também irregular Van Dijk enterrou nossas chances.


Nem vou entrar no mérito tático do confronto. Vimos um time jogando bola, compacto. com uma transição rápida e mortal. E outro sofrendo para tentar empurrar a bola para o egípcio na ponta esquerda. O time não muda. Somos mais previsíveis que final de novela. Mas sem final feliz.


O Liverpool é enorme. Gigantesco. E está mais do que na hora das pessoas que tomam conta do clube responderem por seus atos. Por suas crenças. E por seus resultados bisonhos.


O fato é que serei zuado a semana toda. E que a temporada já está acabando, mesmo estando no começo. De quem é a culpa por isso também?


#YNWA


Sofra com a gente também no Facebook, Liverpool FC Brasil.