Biruta, OKC e Rei da Mexerica: as muitas facetas do Liverpool

Você sabe o que é uma biruta? É aquele dispositivo usado para indicar a direção do vento, sendo influenciado por ele. É utilizado em aeroportos, e uma hora está à direita, outra hora está indo para esquerda. Outra hora está morto, sem vento.


Uma hora ganha bem do líder invicto, talvez o melhor time da Europa, do Universo, da Galáxia no momento. E na hora seguinte perde bisonhamente para o lanterna, que fez 14 gols em 23 jogos (Salah tem 18, sozinho...).


Esse é o Liverpool.


Capaz de nos surpreender para o bem e para o mal.


Quer saber? O verdadeiro torcedor já não fica tão surpreso. Ainda ontem, no Liverpool FC Brasil, escrevi que os 3 pontos em Gales eram essenciais. Que vencer a partida - que parecia relativamente fácil antes da bola rolar - seria crucial. Porque eu já previa o sofrimento. Batata.


Getty Images
Getty Images

Karius, o Horácio: goleiro de braço curto, feito o personagem dinossauro do meu xará Mauricio de Souza


Tem explicação? Até tem, algumas. Digamos que sofremos da síndrome do Oklahoma City Thunder, time da NBA comandado pelo astro Russel WestBrook, que ganha dos grandões na base da motivação e tropeça nos pequenos. Ficam focados ao extremo para vencer o time do LeBron para perder, molengamente, para os Wolves na rodada seguinte.


Porque também sofrem de outro mal. Como nós. Aquela soberba, velada e inconsciente. Não tão radical quanto "ganharemos o jogo na hora que quisermos porque nós somos demais". Mas algo nessa linha. "Já somos os Reis da Mexerica porque vencemos o imbatível semana passada..." #sqn


Quando acordamos desse delírio momentâneo, já está 1x0 pro Swansea. Ou 20 pontos de diferença para a franquia menor. Aí já era.


Não é o fim do mundo. A derrota contra o Swansea não significa que o time não presta. Ou que Judas fará muita falta. Ou que vamos perder tudo de agora em diante. Ou que a perna direita de Salah só serve para subir no ônibus.


Significa que jogamos uma partida horrorosa, em que ninguém se salvou e que, com 10 minutos de jogo, o desastre já era palpável.


Página virada. Vamos voltar aos trilhos agora. Não sou o Klopp, mas quero motivação no talo para os próximos desafios.


Getty Images
Getty Images

Klopp: levanta a cabeça, Jurgen! Precisamos de uma injeção de ânimo, Dr.Klopp!


Seja West Brom, Huddersfield ou o Tottenham.


Vida que segue...


#YNWA