Um novo Liverpool: velocidade e disciplina tática

Klopp é um cara esperto. Inteligente com as palavras, falou na semana passada sobre a mudança tática e técnica do time desde a saída do nosso ex-10 para o Barcelona. Elogiou o brasileiro por suas qualidades e poder de decisão. Mas disse também que o time hoje é mais imprevisível, que se ajusta mais as condições que o jogo oferece.


Eu concordo. E não precisa ser Rafa Oliveira, mestre das variações táticas, para entender as mudanças. Basta ver os jogos.


Lembro de sofrermos demais nas temporadas passadas para furar bloqueios defensivos, principalmente em jogos no Anfield. O visitante vinha com 10 caras atrás da linha da bola e pronto. Travava o time vermelho, que invariavelmente ainda tomava um gol no final por sair tresloucadamente pro ataque para ganhar o jogo. Lembro do Southampton pela semifinal da copa da Liga há 2 temporadas. E outras tantas ocasiões também. Ou chuverava 2000 vezes a bola na área. Ou esperava um chute de fora do referido craque.


Hoje, a coisa não funciona desse jeito. Vimos contra o West Ham e Newcastle em Anfield. Os dois vieram fechados como caramujos. E com muita movimentação, toque de bola e entrosamento, o Liverpool quebrou a linha defensiva dos adversários. Foi a disciplina tática de Ox quem roubou a bola para o primeiro gol contra o Newcastle. Foi a movimentação de Mané e a inteligência de Firmino que marcaram o segundo.


Getty Images
Getty Images

Liverpool pegador: todo mundo marca!!


É um time mais compacto. E ainda mais intenso (se é que isso é possível!), o que agrada Klopp em cheio. Pressão, retomada da bola, talento para fazer a pelota chegar nos pés dos caras decisivos. Gol. O do Firmino contra o West Ham foi assim... O chute de fora da área ainda está lá (Can contra o Huddlersfield; Ox contra o City). A bola parada também (VVD contra o Everton; Can contra o West Ham).


Tudo isso nos deixa mais confiantes. Não somos mais aquele samba de uma nota só. A defesa parece mais segura. O goleiro também. O time se entrega 110%. Nosso meio de campo sua sangue. Salah na melhor fase de sua carreira. Firmino é um monstro. Mané voltando a boa fase aos poucos.


Como disse o citado Rafa Oliveira, no último sábado:


Vai ser difícil ganhar de nós...


E aquela cutucadinha básica, claro: Alguém aí sentindo falta de Você-Sabe-Quem?


#YNWA


Acompanhe a correria insana do Maior da Inglaterra na página mais legal do Liverpool no Facebook: Liverpool FC Brasil