Pragmatismo vermelho

Ganhamos mais uma. Mais 3 pontos. Somos semi líderes. Invictos. 3 míseros gols tomados em 9 partidas. Time tá voando? Não, não está. Mas está somando pontos, sem parar.


Você, torcedor vermelho, prefere vencer ou convencer? Sabemos que é possível ganhar e dar espetáculo. Mas se hoje tivermos que escolher, você prefere os 3 pontos no pragmatismo ou o "jogamos como nunca, perdemos como sempre"?


Getty Images
Getty Images

Defesa que ninguém passa: 3 gols em 9 jogos...


Claro que ganhar é sempre bom. Vitória tem sabor doce. E é gritante o salto de qualidade que nossa defesa (incluindo o goleiro) deu da temporada passada para a atual. Qualquer dos nossos 4 zagueiros são (estão) aptos a jogar de titular. Há 1 ano atrás, não tínhamos nenhum em boa forma. A bola pouco chega no Alisson. Mas quando chega ele está lá, com aquela camisa rosa maravilhosa. Alguém me lembra quando o Robertson tomou baile de algum atacante adversário. Pois é, nossa defesa está mega sólida.


Também vi um sinal de vida em Salah no magro 0x1 contra o Huddersfield. E não é só pelo gol, onde ele foi cirúrgico. Muito (ou quase tudo) que ele tentou, deu ruim. Mas ele participou mais do jogo, apareceu. Está tentando. E essa força de vontade de dar a volta por cima é o primeiro passo para a retomada.


Getty Images
Getty Images

Salah: De tanto tentar, meteu uma caixa numa chute milimétrico. #VoltaFaraó


Voltando ao nosso dilema, já disse algumas vezes que prefiro o espetáculo ao resultado. E por isso não estou 100% contente com a co-liderança. Adoro quando os críticos insinuam quando o meu Liverpool joga o melhor futebol da Europa, mesmo sem ganhar nada. Adoro o esporte, e ver meu time jogando um futebol arte, vistoso e envolvente é um sonho. Pena que os resultados não vieram, ano passado, por exemplo, quando dávamos show na Champions (contra o City e a Roma no Anfield... #sdds).


Mas hoje, o que está me incomodando de verdade é que estamos muito perto do abismo. No limite. Os riscos de tomar um gol de empate no final estão lá. As vezes a sorte nos ajuda. Ou a ruindade do adversário. Ou mesmo o destino.
E depender dessas variáveis pode ser perigoso.


Prefiro ter o destino nas nossas mãos.


#YNWA


Venha sofrer com a gente, ganhar de 1x0 e assobrar a bola para fora de nossa área nos últimos minutos na Liverpool FC Brasil!