Taticamente mortos

Nem sei o que pensar. Depois de chutar uma vez no gol durante 100 minutos, eu disse 1 maldita vez no gol do Buffon num pênalti marcado corretamente em Mané, perdemos para o PSG em Paris por 2x1 e nos colocamos numa situação delicada na Champions League. Para não dizer desesperadora.


Não sou idiota. Vi que o time ultra estrelado de Neymar, Mbappé e Cavani veio com a faca nos dentes pro jogo. O insosso time francês batalhou por cada bola e cada dividida para ganhar o jogo. E, vibrante, o fez merecidamente.


Mas o Liverpool não era esse time intenso? Viril? Rock´n Roll? O que acontece? Dentro de Anfield somos leões raivosos e famintos. Fora dele somos gatinhos inofensivos? Sabe em que momento flertamos com o empate contra o PSG? Talvez, quando o juiz deu a saída no início do jogo. Com alguns minutos de bola rolando, já dava para ver que iríamos sofrer.


Como diria Jack, vamos por partes. A escalação: não me oponho (tanto) a Gomez na lateral. Está confiante, vem bem. Mas HenderSono no time foi de matar. Hoje era um jogo pro já adaptado Fabinho aparecer. Marca e sai para jogar, enquanto Hendo está mal e só passa de lado ou volta pro Alisson (as vezes do meio de campo, Cristo!).


Getty Images
Getty Images

Henderson: o capitão está morto. E burocrático.


O plano de jogo: o cenário estava desenhado! O ofensivo time do PSG precisava ganhar o jogo, era vida ou morte. Iam nos atacar e nos dar o Contra Golpe. Então, vem com o Shaqiri no lugar do Milner para ligar o Pega Ratão, ganhar o jogo e eliminar um adversário difícil no futuro. Coragem, Klopp!! Ao invés disso, viemos com 3 zagueiros, 3 volantes, 3 atacantes e um lateral. Não está torto, isso? Estava.


Daí não adianta VVD, Lovren e Alisson terem jogado uma boa partida (embora Van Dijk tenha rebatido a bola que nem o nariz no primeiro gol dos caras). Não adianta Robertson subir e voltar 1.239 vezes para ajudar Mané no ataque, sendo que é a única (e manjada) opção. Taticamente estamos mortos. Dos pequenos e mais fracos, o talento que temos naturalmente nos dá a vitoria. Contra grandes, com talentos equivalentes, a estratégia tática tem ser decisiva.


Getty Images
Getty Images

A defesa fez o que pode...


E agora? "Basta ganhar de 1x0 do Napoli no Anfield que estamos dentro". Acha que será fácil jogando esse futebol com cara de Brasileirão? Na base da bola parada? O Napoli sabe jogar bola e nos colocou na roda no San Paolo! Não vimos a cor do caroço na Itália!!


Só devolvam meu Liverpool. Só isso.


#YNWA

Venha ficar full pistola e tentar entender porque o Sturridge entrou no lugar do Firmino na Fanpage Liverpool FC Brasil!