Poder de Reação!

Era o pior dos mundos, um cenário catastrófico para um time com problemas emocionais:


O City jogou um dia antes; Venceu; Abriu 4 pontos; O clima no Anfield estava louco no dia do nosso jogo; Vento; Chuva; Neve; Lallana entre os titulares; Com 6 minutos tomamos um gol olímpico; Gol esse irregular.


Pronto, já era. Sucumbiremos.


E não é que meu Liverpool teve forças para virar o jogo, ganhar do Burnley de virada, se adequar às mudanças climáticas e colar no City de novo? Com uma partidaça do Lallana?


Getty Images
Getty Images

Lallana: com garra, o inglês mostrou que vai brigar por um espaço nos 11 titulares!


Surpreendentemente, mostramos um poder de reação que eu não esperava mais. Talvez, esse mané (não o Sadio) que escreve aqui subestime um pouco a capacidade mental e psicológica dos Reds. Talvez.


Mané (agora é o Sadio) marcou 2 vezes e se colocou candidato ao cargo de artilheiro com 16 gols, já que Agüero e Salah meio que estacionaram com 18 e 17 gols, respectivamente. Kane e Auba estão nessa disputa também. Somamos 36 jogos sem perder no Anfield, um assombro. Sei que tabus assim são para serem quebrados, mas acredito piamente que manteremos esse até o fim dessa temporada.


Getty Images
Getty Images

Manézinho, decidindo, outra vez!


O problema é a consistência de nosso adversário. Os haters ficam bravos, mas vocês deram uma espiada no jogo do City? Primeiro tempo morno, contra um time reserva do Watford. No início do segundo tempo, Sterling, claramente impedido após jogada com Agüero, pega mal na bola e ela acaba indo na gaveta. Atônito, o Watford nem viu o segundo gol, daí sim em grande jogada dos citizens, segundos depois. Eles não estão convencendo. Vencem, mas não convencem.


Eu disse na Liverpool FC Brasil que vejo o meu Crystal Palace gigante cometendo o crime no Selhurst Park, em 3 rodadas, quando recebem o time azul de Manchester. Sei que perderam pro Brighton lá esse fim de semana, mas ainda assim acredito no pega ratão do Zaha.


Quanto a nós, temos de continuar ganhando. O Fulham no Craven Cottage não pode (e não deve) nos assustar. Uma vitória lá nos põe na liderança de novo, pois o City não vai jogar essa rodada por ainda estar envolvido na Copa da Inglaterra. #MeEnganaQueEuGosto


Sei também que estamos patinando fora de casa, mas está na hora de mudar isso. Hora de dar mais uma mostra desse Poder de Reação, que parecia adormecido. De me (nos) mostrar que o título ainda é alcançável, plausível. E isso é aplicável também a Champions onde decidiremos nossa sorte nessa quarta-feira, em Munique, contra um revigorado Bayern. Um empate com gols aqui já nos basta.


Eu deveria escolher entre a Premier e a UCL, ao menos, nessa altura do(s) campeonato(s). Mas não consigo. Sou guloso, quero tudo. Ou sou inconsequente, quero arriscar tudo.


Só o tempo vai dizer, na verdade, o que sou.


De antemão, digo que sou torcedor fanático do Liverpool FC.


#YNWA