City 6-1 Southampton: renovem logo com Sterling

O City está jogando por música nessa temporada. Parecia impossível imaginar isso após a campanha recheada de recordes em 2017/2018, mas os comandados de Pep Guardiola estão se superando e distribuindo goleadas na medida que aparecem os adversários, principalmente quando o jogo é no Etihad Stadium. A vítima deste domingo (04), foi o Southampton: goleada por 6 a 1.


O detalhe negativo é que o City estava há pouco mais de 60 dias sem sofrer gol na Premier League, mas pênalti cobrado por Ings deu fim a essa marca. Foi apenas uma precipitação de Ederson, pois se tratando de Stones e Laporte, a zaga está mais protegida a cada minuto que jogam juntos.


Já os detalhes positivos são vários. Aproveitando o tema sistema defensivo, é importante destacar como Fernandinho fez um ótimo mês de outubro e agora iniciou bem novembro após algumas desconfianças no início da temporada. Passes estão seguros e a marcação muito boa.


O ataque do City está formidável em vários aspectos, tudo isso sem Kevin De Bruyne. A nova lesão do meia belga diagnosticada no início desse mês significa que vamos ficar praticamente metade do campeonato sem contar com os serviços do melhor jogador da edição anterior. Bernardo Silva cada vez mais titular jogando como armador por dentro é um dos melhores jogadores do campeonato, aliando qualidade técnica, chances de gol e um trabalho para retomada de bola incansável.


Esse ímpeto absurdo do ataque fez com que o City marcasse três gols em menos de 20 minutos. Gol contra após Sané penetrar na área, Agüero após grande jogada de Sterling e David Silva com um belo voleio. Os outros gols saíram naturalmente apenas esbanjando a superioridade que o City demonstra semanalmente nos gramados da Premier League.


Antes de ir para o principal tópico do texto, como dito no título, é importante destacar também Kun Agüero. Já mencionamos em textos anteriores como ele parecia vir para a atual temporada com uma energia diferente por estar de joelho renovado após cirurgia. Começou muito bem, parecia o melhor 9 do mundo nas primeiras semanas, agora abaixou um pouco o nível, mas ainda está em alta. Agüero participa ativamente do jogo fora da área e está extremamente solidário – neste domingo foram duas assistências. O atacante argentino só precisa recuperar o instinto assassino para grandes jogos (e ganhar esse instinto falando em Champions) para alcançar o ápice.


Getty
Getty

Dois gols, duas assistências e muito futebol


As duas assistências de Agüero foram para Raheem Sterling. Eu já desisti de tentar fazer o admirador de futebol brasileiro ser justo ao avaliar o futebol do nosso camisa 7. A cultura de se criar rótulos por aqui, esquecendo qualquer tipo de análise, faz com que grande parte das pessoas ignorem fatos e espalhem apenas o senso comum. Nem uma temporada (17/18) participando de mais do que 30 gols foi suficiente para pegarem leve com Sterling.


Agora, em 2018/2019, está ainda melhor. Cada dia mais maduro nas tomadas de decisões, evoluiu de forma fantástica sua capacidade de drible e é um jogador de muita confiança: Sterling é, talvez, o melhor jogador do City na temporada até o momento. Desrespeitado por todos, Sterling apenas faz seu trabalho e de forma brilhante.


Nas últimas semanas, tem se falado muito sobre sua situação contratual. Com um ano e meio restante, City já tenta renovar com o jogador. As negociações foram complicadas, com Sterling exigindo um aumento considerável, mas segundo a Sky Sports, já existe um acordo verbal entre as partes. Sterling quer maior reconhecimento e tem toda razão, até porque é difícil aguentar a imprensa racista no pé dele diariamente por motivos toscos. Essa blindagem por parte do clube também deveria ser melhor, inclusive.


Bom, é isso. Sterling é o vice-artilheiro da Premier League e o líder de assistências. Essa renovação de contrato tem que ser oficializada rapidamente para não dar brecha. A relação de amor entre a torcida e o atleta, juntamente com um sentimento de gratidão por parte do jogador também evidenciam como o melhor para todas as partes é a permanência. Voa, Sterling!


Siga @igorjuni0 e @ManCityStuffbr