West Brom 1-2 United: um time que consegue complicar jogos tranquilos

Falei no último texto sobre como performances pouco inspiradas não podem se tornar comuns. No The Hawthorns, o cenário se repetiu e a sensação no apito final foi mista. Mais uma vez com vitória, é claro, então nem tudo são pontos negativos. Querendo ou não, o United de 17/18 mostra que sabe vencer em um aproveitamento próximo de nossos grandes esquadrões no século. Atuações discretas são aceitáveis, mesmo incomodando. Pelo menos conseguimos os resultados e mantemos aquele fio de esperança, além do mérito/consolo de sermos os 'primeiros do segundo escalão' na Premier League. O sofrimento contra uma equipe que não ganha desde agosto é totalmente evitável e desnecessário, entretanto.


ESPN.com.br | Manchester United vence jogando feio, mas segue a 'quilômetros' do City


Como venho citando por aqui, as circunstâncias nessa época do ano precisam ser levadas em consideração. Ainda temos mais 4 compromissos até o fim de dezembro, rotações são necessárias e acabam reduzindo o poder do conjunto. A suspensão de Pogba - que acabou hoje - também é fator crucial, além da ausência do segundo jogador que mais tenta (com qualidade), Martial. O francês hoje foi plausivelmente bancado para descansar e por ter falhado bastante contra o Bournemouth, mas gerou certa inércia em nossa construção de jogadas.



Young voltou para a escalação e não viveu uma tarde razoável, preocupado com as eventuais investidas do veloz Burke. Na outra lateral, McClean oferecia o mesmo perigo nos contragolpes, mas Valencia conseguiu se soltar. O equatoriano, na realidade, era o responsável por dar profundidade e amplitude em nossa fase ofensiva. Isso porque, com Mata e Lingard em campo, ambos se movimentam (e recuam) muito, evacuando a ponta. Fator que carregou como consequência a postura mais agressiva de Lukaku, entrando na área em várias oportunidades e servindo de alvo para cruzamentos, espaçando verticalmente a contenção deles.


Sem a dobradinha Shaw e Anthony pela esquerda, a dupla que se posicionou por ali hoje teve um foco visível na bola aérea. Apesar de Hegazi e Evans (aquele) formarem uma zaga sólida, Mourinho apostou na presença do nosso camisa 9 e colheu frutos. O belga novamente marcou de cabeça, completando assistência de Rashford. Juan se movia sem tanta lógica, de certa maneira travando a expressividade dos próprios companheiros. Se aproximar é bom, mas só nas situações propícias e tendo a estrutura condizente no coletivo. O que o espanhol vinha fazendo era diminuir o espaço de quem tinha o esférico, dando lentidão na articulação.



Curta o Old Trafford Brasil no Facebook



Jesse, por sua vez, não chamava a atenção com a posse mas aparecia em zonas melhores nas entrelinhas. Foi entre a última e penúltima linha dos baggies que o inglês dominou e bateu rasteiro, contando com desvio antes de ampliar o placar. Novamente, encontramos o triunfo em um bloco de tempo inesperado e se aproveitando da falta de concentração adversária. A impressão é que o panorama geral, ignorando os gols, melhoraria na etapa final. Os anfitriões foram obrigados a atacar, acabaram afrouxando a marcação e deram campo pra gente. Mata evoluiu e foi capaz de contribuir na criação, gerando e não atrapalhando a fluidez dos lances.


Getty Images
Getty Images

Ninguém teve atuação destacável, mas Lingard continua entregando bons números; agora são 5 gols e 3 assistências só nessa Premier League


O momentum durou pouco, porém, e entregamos mais uns 40 minutos daquele futebol burocrático. Barry descontou em sobra de escanteio e sofremos sufoco no fim, se salvando pela falta de pontaria do oponente e as mãos confiáveis de De Gea. Fica como aspecto preocupante a situação física de Valencia, que sentiu dores musculares e saiu na hora. Ainda não se sabe a gravidade da lesão, mas é outro pilar que possivelmente pode ser desfalque por umas semanas. Lembrando que Bailly terá que passar por cirurgia e pode perder 2 ou 3 meses. Estamos cercados de incertezas que não esperávamos, mas pelo menos o time continua alcançando os resultados.