Milan: A construção do time para a próxima temporada começa agora - Parte 2

Passamos pelos goleiros, zagueiros e laterais. Agora chegamos no que muitos consideram o setor mais importante de um time: o meio campo. Assim como aconteceu na parte um desse especial, vamos assumir que boa parte dos rumores de mercado são verdadeiros e trabalhar com o pior cenário possível. Ainda, também vamos levar em conta que o esquema base do time continue sendo o bom e velho 4-3-3 de guerra, aquele que conseguiu bons resultados nas últimas duas temporadas.


Atualmente, o Milan conta com 6 nomes à disposição de Gennaro Gattuso. São eles: Lucas Biglia, Giacomo Bonaventura, José Mauri, Franck Kessié, Manuel Locatelli e Riccardo Montolivo. Em uma equipe com um trivote no meio de campo, temos duas posições distintas, que são os mezalle ou meias que sobem ao ataque apesar de terem a responsabilidade de marcar e recompor com velocidade, e o regista, jogador que fica a frente dos zagueiros e dita o ritmo do jogo, seja com passes curtos e rápidos ou lançamentos longos e precisos. Essa divisão é importante para entendermos o quanto Gennarino está desfalcado nesse setor.


Getty Images
Getty Images

- Alguém falou em DESCANSAR?


Para montar seu trivote, o técnico rossonero conta com Bonaventura, Mauri, Kessié e, as vezes, Montolivo, para serem os meias do time. Dentre todos, o único com um cérebro completo é logicamente o Capitão Jack. Kessié é um tanque, corre, marca, chuta a gol, mas não é um pensador, um jogador cerebral, enquanto Montolivo até pensa direitinho, só que ele tem um PC AT 286 no lugar do cérebro e se move mais lento do que um cágado com cãimbras e Mauri, bem, o uruguaio é uma incógnita.


Getty Images
Getty Images

Processando sua cornetada. Isso pode levar alguns minutos


A posição de regista tem Lucas Biglia, Locatelli e também Montolivo, com bem menos aparições do que os outros dois citados. Biglia é um jogador confiável, sabe marcar, recuperar a bola rápido e ... só. Claramente o argentino tem dificuldades de fazer a ligação defesa-ataque com fluidez e velocidade necessárias. Enquanto isso, no auge de seus 20 anos, Locatelli reúne todas as qualidades necessárias para um bom regista, contudo, ainda é inexperiente e afobado demais, sempre se posicionando mal e arriscando levar um cartão de qualquer cor. Por sua vez, bem, Montolivo é aquilo ali que já falamos.


As fofocas do calciomercato dessa vez dão conta de que Mauri, Montolivo e possivelmente Bonaventura estariam de saída, seja por empréstimo ou por transferência definitiva. O caso Bonaventura merece uma observação especial, pois Jack já tem seus 28 anos de vida, está no auge de sua carreira e ainda não tem um maldito título nacional para mostrar em casa. Como sua possível saída pode ser para a Juventus, há de se entender que assim como Higuaín e Pjanic, Bonaventura queira garantir no mínimo dois títulos por temporada na Velha Senhora antes de começar a sentir a queda em seu rendimento. Compreensível se sair, apesar de ser uma perda catastrófica.


Divulgação
Divulgação

Por favor, ajudem esses dois, patrões


Assim, com condenação da UEFA ou não, Fassone e Mirabelli precisam convencer Bonaventura a permanecer e se tornar de vez um ídolo milanista, contratar um reserva com as mesmas características de Kessié para que o marfinense não precise jogar 37 dos 38 jogos da Serie A na próxima temporada e arrumar outro jogador criativo para dar mais munição aos pontas e atacantes do capeta. Quanto à posição de regista, tudo que Gattuso precisa é aprender a revezar Biglia e Locatelli de acordo com o adversário.


- Curtinhas - 


A Associação dos sócios minoritários da AC Milan SpA deram um ultimato, através de uma carta aberta assinada por seus representantes Edoardo Barone e Giuseppe La Scala, à Yonghong Li para que esclareça toda a situação acerca da dívida e do refinanciamento do empréstimo ou que passe logo suas ações para o fundo de investimento americano Elliott.


A Assembléia de Sócios do Milan requisitaram mais um aumento de capital da Sociedade em 40 milhões de Euros a serem investidos por Yonghong Li, sendo uma parcela de 10 milhões devidas até semana que vem e o restante até dia 3o de Junho.


Aliás, Junho tem tudo para ser um mês infernal na Casa Milan. Se isso será no bom ou no mau sentido, tudo depende dos chineses.