Serie A e Liga Europa: que bom que você voltou, Milan

Finalmente, o futebol de verdade está de volta, ou quase lá. Passada essa data FIFA com esse Nations League fajuto que a UEFA resolveu inventar, os jogadores do Milan que viajaram a serviço de suas seleções voltaram quase todos inteiros, a exceção de Patrick Cutrone com ligeiro problema no tornozelo (a famosa caviglia para os italianos) e deve ficar de fora da partida de domingo contra o Cagliari.


A vitória sobre a Roma na última rodada da Serie A antes da maldita parada foi quase tudo que o capeta precisava para lavar a alma após a burrada contra o Napoli e fazer as pazes com Biglia, Donnarumma, Musacchio e a vitória. Novamente, faltou um detalhe tão pequeno, como diria Roberto Carlos, que foi o gol de Pipita Higuaín que, apesar do ótimo trabalho em equipe que demonstrou e da assistência para o gol decisivo de Cutrone aos 95 minutos de partida, não conseguiu deixar o seu.


Se o argentino quer mesmo estufar as redes pela primeira vez com a camisa rossonera o mais breve possível, não poderá reclamar da falta de chances nessa semana.


Getty Images
Getty Images

Que homem


No domingo (16/9) o Milan viaja para a Sardenha e enfrenta o Cagliari, do técnico Rolando Maran. Com 4 pontos na tabela conquistados após um empate com o Sassuolo e uma surpreendente vitória sobre a Atalanta, gli Isolani começaram forte sua eterna luta para permanecer na zona cinzenta da Serie A. Gattuso tem em suas mãos o time quase completo e Higuaín será o único atacante de ofício a disposição, o que significa dizer que o time todo deve jogar para ele.


Na quinta feira (20/9), o capeta estreia na fase de grupos da Europa League e felizmente dessa vez as bolinhas ajudaram. O grupo F (Milan, Dudelange, Olympiacos e Real Bétis) não é dos mais complicados e o primeiro adversário é justamente o estreante na competição, vindos de um paraíso fiscal muito conhecido pelo nosso ex Yonghong Li, o Dudelange de Luxemburgo em seu estádio Josy Barthel.


Fechando a semana de assistir futebol no PC, temos no domingo (23/9) um senhor jogaço contra a Atalanta, no San Siro. A dea sob o comando de Gasperini amargou a eliminação na Europa League e vem novamente nessa temporada com sangue nos olhos para garantir vaga na competição continental. Apesar do favoritismo do capeta e do jogo ser em casa, não vacilar nesses jogos contra times medianos é fundamental para se alcançar o objetivo de classificação para a UCL da próxima temporada.


Getty Images
Getty Images

Além de se ótimo treinador, Gattuso manda muito bem tocando "Careless Whisper" em seu saxofone imaginário


Semana cheia de jogos, semana feliz. As últimas partidas foram um pouco confusas e esclarecedoras tanto para nós, torcedores, pois já tivemos a noção do que esperar dessa equipe, e para Gattuso, que percebeu, principalmente com as entradas de Laxalt e Castillejo na vitória contra a Roma, que têm um time com mais opções interessantes no banco de reservas, e isso significa que Rhino terá mais responsabilidade e precisará de muita inteligência para tirar o máximo de todos do plante, sempre.


 - Curtinhas -


Reclamem o quanto quiser, mas estou adorando assistir a todas as partidas no PC. Narrações em línguas diferentes, tipos de comentaristas e narradores diversos, com enfoques em detalhes diversos da partida variando entre países. Uma experiência enriquecedora.


Divulgação/acmilan.com
Divulgação/acmilan.com

Os capitães dessa temporada, Raffaella Manieri e Alessio Romagnoli


Uma foto, capitães dos times feminino e masculino do Milan reunidos. Cada vez mais me orgulho desse clube.