O empate sofrido com o Cagliari mostra que o problema do Milan está na cabeça, e não só nos pés

O Milan tem sérios problemas de autoconfiança e motivação e esse ponto foi uma das principais críticas de duas das mais vitoriosas figuras da história recente do Diavolo. Após o empate suado porém não inacreditável na Sardegna Arena contra o Cagliari, Gattuso deu a seguinte declaração em entrevista coletiva:



Alcuni non se ne rendono ancora conto che sono forti.



Em tradução livre, alguns jogadores não se deram conta ainda do quanto são fortes. Assim, sem citar nomes, o técnico manda um recado para aqueles que sabemos que podem render muito mais do que têm feito, como Bonaventura, esecialmente nessa partida, Suso e Donnarumma, que interromperam as curvas de crescimento de temporadas anteriores. Paolo Maldini também falou algo similar quando declarou:



Ha ragione Gattuso. Dobbiamo crescere come mentalità. Dopo due sesti posti la strada è ancora lunga.



O eterno capitão dá razão à Gattuso, indicando que mais do que um técnico ou tático, esse Milan, depois de duas temporadas com resultados de time mediano, precisar dar um salto de qualidade se quiser alcançar a vaga na próxima Liga dos Campeões. E nesse ponto quero dar os meus pitacos.



No atual plantel, apenas dois jogadores têm a experiência e a liderança suficientes para fazer com que os outros atletas, sejam eles jovens como Romagnoli, Kessié ou Hakan, ou sejam eles ainda com uma mentalidade de time mediano, como Bonaventura, Rodriguez e Suso, consigam entender que a ambição e a motivação devem sempre manter aquela chama interna acesa. São eles Gonzalo Higuaín e, acredite ou não, Pepe Reina. O argentino vem de uma Juventus multicampeã e que tem a exata mentalidade de vencer sempre, mesmo que jogando de forma pragmática e, ao final da partida contra o Cagliari, sua revolta com o resultado que escapou é a imagem que precisamos que todos tenham em mente. Il Pipita já parece ser um dos líderes desse elenco e o capeta precisa muito de jogadores assim.


Getty Images
Getty Images

Apesar dessa camisa ridícula, Higuain pode comemorar seu primeiro gol rossonero


Quanto ao goleiro espanhol, apesar de não estar em sua melhor forma física, Reina está acostumado a jogar em um nível bem acima do Milan atualmente. Suas passagens em Napoli e Bayern da Munique foram marcadas por alguns poucos títulos e por uma competitividade enorme, acompanhada da pressão de ter sido por anos o goleiro do "anti-Juve" Napoli e do Sarrismo. Acredite nisso ou não, acredito que atualmente ele esteja no mesmo nível de Donnarumma, empacado entre ótimas defesas e falhas bizarras e, por conta disso, Reina poderia muito bem ser promovido ao posto de titular por algum tempo.


Divulgação/acmilan.com
Divulgação/acmilan.com

Talvez seja hora de deixar o careca trabalhar


Se o Milan quiser mesmo voltar a inspirar algum medo na Serie A, precisa aprender a ser mais incisivo, cirúrgico e, principalmente, encarar as partidas contra times de menor expressão internacional, como o Cagliari, com a mesma vontade que joga seus clássicos. Não dá para vencer a Roma do jeito que foi e deixar escapar pontos preciosos em momentos de fraquezas de adversários diretos (a mesma Roma empatou com o Chievo e a Internazionale perdeu para o Parma) por ter entrado em campo como se estivesse em um Fiat Panda 1.0 com o freio de mão puxado e com a mala lotada de sacos de cimento subindo uma ladeira. Não importa contra quem for, Juventus ou Empoli, todos os jogos valem a mesma quantidade de pontos.


Para voltar a pensar como time imponente, precisa de jogadores acostumados a isso. Por enquanto, Gattuso tem dois a sua disposição e precisa deles mais do que nunca.


- Curtinhas -


Em uma conversa com um amigo nós chegamos a conclusão de que Douglas Costa, que acertou uma cotovelada e uma cusparada em um adversário na vitória de seu time e seu próprio time, que ouviu sua torcida entoar coros preconceituosos contra os napolitanos ao invés de celebrar a doppietta de sua contratação mais cara da história deveriam ser punidos de forma exemplar. Demos boas risadas após isso e voltamos a realidade.


Mais uma partida decepcionante de Suso. Samu Castillejo, que pode jogar nas duas pontas, poderia ganhar uma chance entre os titulares na partida da Europa League nessa semana. Deu ruim, chama o Samu.


Ao que tudo indica, Henry Cavill e Ben Affleck devem aposentar as capas de Superman e Batman respectivamente, enquanto Joaquin Phoenix acerta demais no visual de seu Coringa para filme que deve ser baseado no clássico "A piada mortal" de Alan Moore. Espero realmente que a DC consiga arrumar a casa em seu setor cinematográfico.