Milan vence o Parma em um jogo insano

Loucura, loucura, loucura diria o outro narigudo. Não foi só um jogo com 9 gols marcados , mas teve gol  de estreante, gol de calcanhar, gol contra com direito a migué, duas expulsões, um pênalti inexistente, alteração de dois zagueiros de uma vez e, ainda, gol de cabeça de anão gordinho do Parma e do japonês nanico do Milan.


A partida maluca no Ennio Tardini terminou com uma vitória milanista, pela diferença de um gol. No ataque, a coisa está funcionando bem. Os pontas estão entendo o plano, os laterais estão apoiando decentemente e, pasmem, acertando cruzamentos (oi, Abate) e um francês mais do que inspirado lidera todas as ações ofensivas. Todavia, na defesa, o caldo segue desandando. Não há qualquer explicação técnica que me convença que Daniele Bonera é melhor do que Rami ou Zapata. E as duas falhas capitais de hoje, no gol de Felipe e a expulsão, deixou bem claro que ele é um bom esquentador de banco. E nada mais.


Getty Images
Getty Images

Toca essa corneta mais alto que eu não estou ouvindo


Novamente, vencer é sempre bom, principalmente contra um adversário direto. E, pelo jeito que a bola está rolando quadrada pelos lados do Napoli, o 4º lugar realmente parece alcançável.


Vamos as notas


Diego Lopez - Nota 4: Pô, Dieguito, depois de tantos elogios da última rodada, você me leva dois gols defensáveis e ainda me dá um migué ao perceber que a bola recuada ia entrar no gol? Toma vergonha.


Abate - Nota: 7: Alguém deu um livro de macetes para acertar cruzamentos. O bip bip rossonero dominou o lado direito do ataque, com boas subidas e uma assistência para o gol de Honda. E, ainda, quase marca o dele. Aí era para desligar a luz do estádio.


Bonera - Nota -2: A culpa não é dele. Bonera até tenta jogar bem, mas não rola. Falhou duas vezes em lances capitais e ainda arrumou uma expulsão. A boa notícia é que ele está suspenso para a partida contra a Juventus.


Alex - Nota 5: Quando o seu parceiro de zaga é o Bonera, é fácil se destacar. Mesmo assim, se o time levou 3 gols do adversário, a defesa não está funcionando bem.


De Sciglio - Nota 4,5: Jogou menos do que o Abate, mas ainda assim foi seguro. O problema foi o gol contra. Ele poderia ter chutado a bola para fora ao invés de recuar tanto para seu campo.


Andrea Poli - Nota 6: Estava em campo, nada mais. Uma partida na média dessa vez para o box-to-box rossonero.


Nigel De Jong - Nota 7: Defendeu e ligou ataques com maestria e a classe de sempre. Ainda teve tempo para deixar o seu.


Sulley Muntari - Nota 4: Preferia que não estivesse em campo. Falhou no gol de Cassano.


Keisuke Honda - Nota 6,5: O samurai rossonero mostrou a eficiência de sempre em campo, e ainda, do alto dos seus 1,20 mts se posicionou bem para marcar um lindo gol.


Jeremy Menez - Nota 8,5: Nosso Menezinho mandou na partida novamente. Gol, assistência e um calcanhar matador. Só num ganhou nove porque cavou um penal inexistente e arrumou uma expulsão em que não sofre falta.


Giacomo Bonaventura - Nota 6,5: Apesar do gol, pouco produziu na partida. A semelhança com o pai é inacreditável.


Rami - Nota 3: Entrou e pouco acrescentou. E ainda assim jogou mais que o Bonera.


Zapata - Nota 3: Também fez mais que o Bonera pela humanidade em 20 minutos de partida.


M'baye Niang - Nota 0: Volta pro circo.


Espaço reservado para a cornetagem marota ===<O #fuééé -


E o Cassano, hein ? Preguiçoso de mierda, perdeu a bola e não voltou para recompor. O menino De Jong agradece.


A cara do De Sciglio depois que o Diego Lopez falhou no gol contra e miguelou uma lesão foi a melhor de todas haha


Ataque de campeão, defesa de rebaixado. Assim não dá, seu Pippo Inzaghi das pranchetas. Deixa o Bonera e o Alex servindo espressos e manda Rami e Zapata a campo, por favor.