Dissecando o Milan 2015/2016 - O meio campo (parte I)

Atenção, estudantes das artes ocultas do futebol de Milão, começa agora mais um capítulo do livre de Medicina do cão. Dessa vez, faremos a dissecção do meio campo do Milan, outro setor que tem alguns pontos importantes que deveriam receber uma atenção antes do final da janela de transferências.


Do mesmo jeito que foi feito com a defesa, a avaliação da meiuca rossonera será feita em duas partes. Nesse primeiro nós vamos tratar dos carniceiros, limpa-trilhos, cabeças de bagre, volantes ou como você preferir chamar aqueles que a função é a antítese do jogo bonito™.


- Nigel De Jong (31 anos em Novembro)


Divulgação/acmilan.com
Divulgação/acmilan.com

Sweet, Sweet De Jong


Esse aí é um exemplar de limpa-trilhos com pedigree. O doce De Jong cumpre o papel básico de ficar à frente da defesa, cobrindo as subidas dos laterais. Inegavelmente o holandês porrador cumpre sua função muito bem. Contudo, sua titularidade nessa temporada depende muito do tipo de meio campo que o Mihajlovic quer utilizar. Caso prefira um trivote mais leve, De Jong pode comer um banco, coisa que eu não acredito.


- Antonio Nocerino (30 anos)


Depois de uma temporada 2011/2012 excepcional com o Milan, Nocerino jogou miseravelmente mal por duas temporadas até ser emprestado para o West Ham, Torino e Parma. Não é um cão de guarda de verdade, apesar de bater mais do que adolescente sozinho em casa, e não tem mais o mesmo faro de gols de antes. Talvez consiga ficar até o final da temporada se mostrar serviço, ou - o que parece mais certo - deve ser descarregado em algum outro clube menor em troca de uns caraminguás.


- Andrea Poli (26 anos em Setembro)


Não é mistério que eu tenho um man crush por esse menino. O Poli corre loucamente quase toda a partida, sabe defender com alguma elegância e, apesar de não utilizar com tanta frequência, tem um bom chute de média distância. Quanto a sua titularidade, por mim seria inquestionável em um trivote mais técnico, contudo, é provável que alterne jogos com o Mauri.


- José Mauri (19 anos)


Divulgação/acmilan.com
Divulgação/acmilan.com

Faz carinha de quem tá gostando demais (carinha de quem tá gostando demais)


O garoto foi um dos investimentos do Milan para essa temporada. Assim como o Andrea Poli, é um volante um pouco (eu disse UM POUCO) mais refinado na saída de bola e se destacou no Parma por isso. Novamente, a sua utilização depende de qual tipo de meio campo o Mihajlovic quer implantar no Diavolo.


Com foi visto, o setor de destruição do Milan anda meio capenga. Se o Mihajlovic quiser utilizar o De Jong como regista e liberar os dois mezz'ale para subir mais um pouco, ele precisa de um reserva imediato para o holandês-porrador. Agora, se optar por um meio campo mais elegante, com Montolivo na regência, dá para utilizar o Mauri por ali, alternando com o Riccardão, e o time está bem coberto para disputar a Serie A e a Coppa Italia.


Contudo, quando as competições continentais voltarem ao calendário milanista, se faz mais do que necessária a contratação de um açougueiro bad ass limpa-trilho boladão tipo De Jong e Mark van Bommel.


ESPN FC | Ovunque Milan


Dissecando o Milan 2015/2016 - Os goleiros


Dissecando o Milan 2015/2016 - Os laterais


Dissecando o Milan 2015/2016 - Os zagueiros


-Curtinhas-


Saiu o calendário da Serie A temporada 2015/2016 e em breve eu falo sobre isso. O que podemos adiantar é que a 1ª rodada terá a Fiorentina e o clássico com a Internazionale será já na terceira rodada.


Dia 30/7 tem a última partida da ICC 2015, agora contra o Real Madrid, e eu ouvi dizer que o Rodrigo Rebelo está se cagando de medo. Tremei, seu merengueiro.