Não existe jogador ruim no Palmeiras

Não gosto nem de lembrar da qualidade dos jogadores que vi na maior parte dos meus vinte e três anos de palmeirense. Desses vinte e três, os primeiros cinco não passam de vultos de memórias em minha mente. Dos cinco, seis, até os treze, em meados de 2008, só Edmundo, Valdívia, Kleber, Alex Mineiro e Marcos salvaram minhas memórias. Dali em diante, até os vinte, em 2015, mais perebas vieram para encardir e bagunçar minha estante de memórias verdes.


Apareceram as reformulações, a arena, os patrocínios e o salvador da pátria palmeirense. Acho que não é heresia definir os tempos que vivemos como A. PN e D. PN. E creio que não será nenhum bicho de mil novecentos e catorze cabeças, para entender estas siglas.


Nos anos A. PN sofremos com jejum de títulos, que vieram por termos fardos de jogadores medíocres, que vinham através de gestões catastróficas que causavam uma falta de dinheiro enorme e coisa e tal. Acho que não será exagero se um dia vermos pelo menos cinquenta jogadores ex-palmeiras numa lista com os cem piores da história do futebol. De Adriano Chuva à Wesley, varias atrocidades passaram por aqui.


Reprodução: Facebook/Palmeiras Mil Grau
Reprodução: Facebook/Palmeiras Mil Grau

A página de humor na internet "Palmeiras Mil Grau" elegeu os onze piores jogadores que passaram pelo Palmeiras nos últimos anos.


Alguns jogadores péssimos ainda apareceram nos anos D. PN. Porém começaram a ser mais raros e a desaparecerem em meio a bons nomes. Hoje, ano de 2018, segundo semestre, posso afirmar com convicção: não existe jogador ruim no Palmeiras.


Você pode estar se perguntando se estou louco de dizer isso tendo Deyvershow como jogador do elenco atual. Porém, garanto aqui que digo isso em sã consciência e ainda repito: não existe jogador ruim no Palmeiras. Existem jogadores mal aproveitados, jogadores sem oportunidade e jogadores sem confiança.
Pois bem, falarei desses três grupos nos próximos parágrafos.


Cansei de defender Dudu em rodas de amigos e postagens do ClickParmera no Instagram nos dias que este estava sendo criticado por uma grande parte da torcida. Apesar de já ser considerado um ídolo por muitos, o baixinho raçudo da camisa sete viveu muitos altos e baixos defendendo as cores palestrinas. Às vezes criticado por não render como deveria, às vezes criticado por falta de vontade, o que, se pararmos para pensar, nunca existiu no jogador enquanto este vestiu verde e branco. Ok, posso estar sendo cegado pela admiração que tenho pelo ex-capitão, mas acredito que ele foi um dos mal-aproveitados em diversas oportunidades. Inclusive nas vezes em que foi forçado a correr o jogo todo atrás dos laterais adversários sem poder ter a liberdade que o consagrou no esquema de Cuca e que agora o leva de novo ao ápice no esquema de Scolari.


Isso ocorreu também com Gabriel Jesus, que foi questionado em 2015, quando era o ponta-esquerda de Marcelo Oliveira e mostrou seu real potencial quando foi bem aproveitado no esquema do time campeão brasileiro de 2016, ao jogar de centroavante, ou falso-nove, pros mais moderninhos.
Na galeria dos mal aproveitados podemos citar vários jogadores. Desde Dudu e Jesus, até Borja, quando este era forçado a jogar fora da área, o que sempre soubemos não ser o seu ponto forte.


@ZMarceloJr/ @ClickParmera
@ZMarceloJr/ @ClickParmera

Dudu foi um dos jogadores que sofreram duras críticas quando estava sendo mal-aproveitado.


Sobre os jogadores sem oportunidades é mais fácil de falar. Quanto tempo demorou até que Hyoran tivesse uma chance? Quantos minutos teve o garoto Nathan, quando ainda estava aqui? Quantas vezes vimos Vitinho ser escalado? E Nico Freire, que ainda nem estreou em uma competição oficial? De fato, os jogadores sem oportunidades geralmente são os mais novos, com menos experiência e rodagem. Mas também podem ser Guerra, Borja e Deyverson, nos tempos em que estes tinham apenas os dez últimos minutos das etapas finais para mostrar qualquer qualidade futebolística, ou milagres.


@ZMarceloJr/ @ClickParmera




@ZMarceloJr/ @ClickParmera

Borja era utilizado de maneira equivocada e forçado a jogar como jogava Gabriel Jesus. Não rendeu e quase foi queimado pela torcida. Hoje é o artilheiro da equipe no ano.


Por último, os sem confiança. Temos aos montes destes. Talvez as maiores provas disso estejam sendo vistas atualmente. Prass, Antônio Carlos, Luan, Mayke, Bruno Henrique, Lucas Lima, Borja, Deyverson entre outros. Quantos de nós não direcionamos quase todas as críticas a estes nos últimos meses, quando o futebol não vinha sendo o que esperávamos?


É nítida a melhora de Luan a cada bote certeiro e carrinho.


Mayke foi tratado como refugo do Cruzeiro e terceira opção para a lateral e hoje é um dos vinte titulares incontestáveis que temos.


Para Bruno Henrique, que cometeu e perdeu um pênalti na eliminação de 2017 na libertadores, dizemos em brincadeiras que foi “desgambazado” após uma voadora que sofreu na libertadores deste ano.


Borja, com mais minutos e jogando dentro da área, ou da sua área de confiança, se tornou o artilheiro da equipe.


Sobre Deyverson, ou Deyvershow, não é preciso nem falar. Tem sido o nome mais citado nos veículos de notícias e de opinião nos últimos dias. Vem recuperando sua confiança jogo a jogo, graças à Felipão e à trégua que a torcida o deu.


@ZMarceloJr/ @ClickParmera
@ZMarceloJr/ @ClickParmera

Mayke chegou em 2017 como "refugo" do Cruzeiro e foi por muito tempo tratado como terceira opção. Hoje é um dos pilares de Felipão.


O que aconteceu foi que as vaias a estes jogadores foram trocadas por aplausos e os pesos que foram colocados em seus ombros foram jogados no chão para servirem de escada. A devolução da confiança para alguns jogadores foi um dos pontos mais acertados no time do Palmeiras nessas últimas semanas e com toda a certeza do universo, será um dos pontos que mais poderão nos levar ao ápice, em alguns dias.


De todo modo, repito uma vez mais: não existe jogador ruim no Palmeiras.


@ZMarceloJr/ @ClickParmera
@ZMarceloJr/ @ClickParmera

Deyverson externou a pressão através do choro após marcar o gol da vitória contra o Corinthians.




Me siga no instagram!




 

 

 


Visualizar esta foto no Instagram.


Golden days . #avanti #palmeiras #avantipalestra


Uma publicação compartilhada por Marcelo Brandão (@zmarcelojr) em