O importante é somar os três pontos

Existem muitos tipos de torcedores por aí. Creio que sou daqueles que, no fundo, são chatos, mas que sempre esperam que ao final das contas tudo vai acabar bem. Dificilmente alguém me vê reclamando o tempo todo como a maioria dos palmeirenses fazem, ou me iludindo achando que o time há de ganhar tudo depois de uma vitória ou outra. Não estou me gabando, longe disso. Sou torcedor como todos os outros. O ponto onde quero chegar é: por mais que eu seja um torcedor totalmente equilibrado, me dói e me irrita ver o jogador mais proativo do planeta, Jean, ser escalado como um ponta! Porém, como sei que quem o está escalando é ninguém mais, ninguém menos que Felipe Scolari, eu aceito, engulo a saliva a seco e sigo acreditando que tudo vai acabar bem. Mesmo tendo a ciência de que o time não rende ofensivamente com Jean, improvisado no ataque, de um lado e Hyoran, improvisado, de outro (sim, amigo, improvisado. Ele não é um ponta, e sim um meia). Foi assim contra o Bahia, na rodada anterior e foi assim contra o Sport, na última rodada.


No entanto, uma coisa que nós, torcedores, devemos observar atentamente é que a comissão técnica vem fazendo um excelente trabalho para deixar com que todos jogadores estejam inteiros fisicamente em todas as partidas. Em jogos contra equipes de menor porte, onde um time misto e quase alternativo é escalado, os titulares absolutos entram apenas nos últimos minutos para resolverem o placar, é nítido. Dessa forma, estes têm menos minutos em campo em jogos como o de ontem e são guardados para os jogos de Copa do Brasil e Libertadores. Ponto para a comissão técnica, ponto para Felipão. Desta forma, alcançamos o topo e se Deus quiser, estaremos na primeira colocação ao final do campeonato.


O jogo contra o Sport, na noite deste domingo, correu longe de ser o mais genial dentre os jogos do Palmeiras no ano. Porém, foi o necessário.
Nessa reta final de campeonato, disputando três competições, qualquer meio a zero vale. Já dizia o poeta, “o importante é somar os três pontos”.


O primeiro tempo foi duro. O Palmeiras não criou como estamos habituados a ver. Pudera, apenas Lucas Lima para armar o time, um volante improvisado no ataque e um meia franzino jogando como um ponta. Não mudou tanto quando Lucas saiu machucado e Guerra, recuperado de lesão, voltou a pisar nos gramados. O time se esforçou e fez o seu máximo, que era não sofrer gols e ainda chegar perto de fazer algum.


A situação melhorou mais no segundo tempo. O time entrou mais ligado depois de alguns claros puxões de orelha no intervalo e começou a rodear um pouco mais a área do Sport. Dudu entrou aos 15 minutos do segundo tempo para arrumar o time ofensivamente e até conseguiu, porém o gol só saiu quando Willian entrou no lugar de Jean e em seu primeiro toque na bola, após um escanteio cobrado por Dudu e um rebote na finalização de Gustavo Gómez, jogou para dentro das redes. Willian fez um cosplay de Cristaldo, entrou, brocou e resolveu, em menos de vinte segundos.


O Palmeiras venceu e colou de vez no líder do campeonato. Agora apenas um ponto separa o verdão do topo da tabela e a situação começou a ficar um pouco mais favorável. Apesar da mesma pontuação, o Internacional ficou para trás após empatar com o Corinthians, já o São Paulo, somou apenas um ponto em um empate em casa contra o América.


A sequência de jogos do Palmeiras, no entanto, é complicada e extremamente desgastante. Caso queira liderar o campeonato, o time precisa ser cirúrgico e perfeito. Qualquer vacilo ou cansaço excessivo pode ser crucial para tirar o alviverde da disputa da competição. Veja abaixo a sequência dos quatro principais candidatos ao título brasileiro:


Palmeiras:
Cruzeiro x Palmeiras (CDB) 26/09
Palmeiras x Cruzeiro (BRA) 30/09
Palmeiras x Colo-Colo (CLA) 03/10
São Paulo x Palmeiras (BRA) 06/10
Final, caso se classifique (CDB) 10/10
Palmeiras x Gremio (BRA) 14/10
Segundo jogo da final (CDB) 17/10
Palmeiras x Ceará (BRA) 21/10
Flamengo x Palmeiras (BRA) 25/10


São Paulo:
Botafogo x São Paulo (BRA) 30/09
São Paulo x Palmeiras (BRA) 06/10
Internacional x São Paulo (BRA) 14/10
São Paulo x Atlético-PR (BRA) 20/10
Vitória x São Paulo (BRA) 25/10


Internacional:
Internacional x Vitória (BRA) 30/09
Sport x Internacional (BRA) 05/10
Internacional x São Paulo (BRA) 14/10
Internacional x Santos (BRA) 22/10
Vasco x Internacional (BRA) 25/10


Flamengo:
Corinthians x Flamengo (CDB) 26/09
Bahia x Flamengo (BRA) 29/09
Corinthians x Flamengo (BRA) 05/10
Final, caso se classifique (CDB) 10/10
Flamengo x Fluminense (BRA) 13/10
Segundo jogo da final (CDB) 17/10
Paraná x Flamengo (BRA) 21/10
Flamengo x Palmeiras (BRA) 25/10



Siga o autor no instagram!