Ao final do caminho, vai valer a pena

A cada jogo que passa esse ano, um novo alívio. Não porque estamos brigando para escaparmos de qualquer zona. Seja a da degola, seja a da libertadores. Alívio por sabermos que cada apito que decreta o final de uma partida representa mais um passo no conturbado caminho rumo à glória. À décima e gloriosa vez em que o alviverde imponente há de se encontrar no topo de todo o país. Em nossos corações, sabemos, ele já é o primeiro sempre. Mas além do individual, ver o Palmeiras como o primeiro de tudo, na mente de todos é algo que não tem preço. Esse ano, graças à algumas reviravoltas, temos chance de vermos o nosso alviverde inteiro e em sua totalidade, no topo do Brasil e da América.


Porém, como disse. Ainda faltam alguns passos nesse conturbado caminho rumo ao ápice. É impossível, olhando para os quinze jogos com Felipão no Brasileirão, não acreditar que chegaremos. São doze vitórias, três empates e nenhum tropeço fatal. Se a média se manter, inclusive no próximo jogo, contra o maior concorrente do título, sabemos que mais uma final terá sido vencida e também que após esse grande passo estaremos enxergando o brilho metálico de algo que casa perfeitamente com a nossa sagrada sala onde brilha a glória de títulos passados.


São Paulo, Grêmio, Inter. Os três postulantes ao título já ficaram para trás. Falta um, falta aquele que ama cantar vitória antes da hora e se contenta com o odor que exala da satisfação que é chegar até a trigésima oitava rodada na primeira colocação. A história de 2016 parece se repetir, e eu espero mesmo, do fundo do coração, que se repita por completo. O final já sabemos.


A não só o final. Sabemos como é dura é árdua a caminhada. Sabemos do sofrimento a cada bola alçada na área. A cada fim de jogo como foi contra o time do Ceará. A cada cartão vermelho burro, impensado e merecido à jogadores descabeçados. E a cada apito mal intencionado de jogadores adversários que vestem amarelo e tentam dificultar mais ainda a corrida pelo topo. Sabemos da dor, e não podemos negar que gostamos. A dor e o sofrimento a cada passo dado nos fortalece e nos faz entender que ao final do caminho, tudo vai valer a pena.


Por ora, segue o líder!


Me siga no instagram:




 

 

 


Visualizar esta foto no Instagram.


Ai ai ai ai.... Tá chegando a hora! . Palmeiras 2x1 Ceará #avanti #palmeiras #avantipalestra #SEGUEMEUPAL


Uma publicação compartilhada por Marcelo Brandão (@zmarcelojr) em