Time à prova: Paraná entra em campo em jogo de 'tudo ou nada'

Prestes a entrar em campo pela 5ª rodada do campeonato estadual, ainda nos deparamos com um time que não possui definição e que trás inúmeras duvidas acerca do que é capaz de realizar em qualquer campeonato que dispute. Com a confirmação de mais um jogador chegando durante a semana, somamos 19 novas peças no elenco de Wagner Lopes e, até que se prove o contrario, não utilizarei o termo “reforço”.


Não é segredo para ninguém que o time que iniciou a temporada do Paraná Clube está muito abaixo do que se esperava. Totalizamos cinco partidas oficiais, três empates, duas derrotas e apenas dois gols marcados. Muito se fala na questão de entrosamento, pouco tempo de pré-temporada, calendário apertado e que precisamos de paciência e tempo para que o time se encaixe.


Na partida contra o Toledo no último domingo (4), o Tricolor esteve com um jogador a mais em campo por quase todo o jogo e, mesmo na vantagem numérica, voltou para Curitiba apenas com o empate na bagagem. O resultado foi o suficiente para que reunissem todo o grupo para uma conversa e discutir o que pode ser feito.


Gazeta Press
Gazeta Press

Alemão acredita que a união do elenco é capaz de mudar os resultados.


Conforme palavras de Alemão “o grupo é bem bom, não tem nada disso e às vezes uma conversa é melhor que um treino. Foi colocada a opinião de cada um e a gente sabe que pode dar mais nos treinos. Temos que nos cobrar mais para que as vitórias possam vir”.


Na tarde de sábado (10), as 16h30, na Vila Capanema, o Paraná entra em campo para enfrentar o Prudentópolis. O duelo será marcado pelos dois times com as piores campanhas do campeonato até o momento. É também o jogo que definirá as chances de seguir para a próxima fase da Taça Dionísio Filho. Mesmo que a possibilidade seja mínima, a matemática ainda permite que o Tricolor pense em uma vaga entre os semifinalistas, porém, é necessário vencer os dois últimos jogos e ligar o secador contra os adversários diretos para que tropecem em seus confrontos e abram alas para a nossa passagem.


A provável escalação de Wagner Lopes para a partida contra o Prudentópolis fica da seguinte forma: Thiago Rodrigues; Alemão, Charles, Neris e Mansur; Leandro Vilela, Wesley Dias, Zezinho e João Paulo; Lucas Fernandes e Thiago Santos.


Resta-nos torcer para que todo o trabalho realizado durante a semana resulte em um time organizado e na primeira vitória do ano. E, dentro de campo, mais uma vez, pedimos apenas uma coisa: JOGUEM POR NÓS!