Porto acusa Fábio Coentrão, do Sporting, de racismo contra Marega

Getty Images
Getty Images

Coentrão e Marega protagonizaram vários duelos no clássico da última quarta-feira


Nesta sexta-feira, o Porto acusou o lateral esquerdo do Sporting Lisboa, Fábio Coentrão, de insulto racista dirigido ao atacante Marega, durante a semifinal da Taça da Liga, disputada na última quarta-feira. A acusação portista foi feita através de sua newsletter Dragões Diário. O clube portuense recorreu a duas músicas do brasileiro Gabriel Pensador para descrever o episódio em que Coentrão teria cometido injúria racial contra Marega.


Porto e Sporting se enfrentaram pela semifinal da Taça da Liga na quarta-feira passada. O jogo ficou empatado em 0x0 e foi decidido nos pênaltis, com triunfo dos sportinguistas por 4x3. O jogo foi bastante disputado e com muitas faltas cometidas por ambas as equipes. E foi após uma das várias faltas que cometeu sobre o atacante portista Moussa Marega que o lateral esquerdo Fábio Coentrão teria proferido a ofensa racista ao malinês. Vale ressaltar que Marega viu cartão amarelo na ocasião, precisamente por reagir às palavras do adversário, agarrando-o pelo pescoço.


Na newsletter Dragões Diário, o Porto publicou um vídeo, com as legendas do que seria a leitura labial do defensor leonino, em que Coentrão chama Marega de "preto do c..." e ainda teria mandado o atacante se “f…”.


Para se referir ao tema polêmico, a publicação azul e branca fez alusão a Gabriel Pensador. "O tema é de 1993, mas Fábio Coentrão fez questão de o tornar atual enquanto se dirigia a Moussa Marega nestes termos, durante o Sporting-FC Porto de quarta-feira. Gabriel o Pensador sugere e interpreta 'Lavagem Cerebral', onde um dos versos refere 'racismo é burrice' a dominar o refrão", lê-se na referida comunicação. "Mas se o tratamento e a oxigenação for exterior, aplicados apenas por fora, como parece ser o caso, então aí a música é outra, apesar de igualmente célebre e do mesmo rapper e compositor. Sim, é 'Lôraburra'", acrescenta, com ironia, o texto.


O Sporting Lisboa utilizou sua conta no Twitter para se pronunciar a respeito. Sem negar que seu atleta tenha proferido o insulto racista, o clube lisboeta se limitou a publicar uma foto de Fábio Coentrão ao lado do companheiro William Carvalho, com uma frase: "Para nós, só existe uma cor: VERDE".