Só dois jogadores foram campeões portugueses e da Copa do Mundo: Branco e Casillas, ambos do Porto

FC Porto divulgação
FC Porto divulgação

Casillas e Branco são os únicos jogadores com o título português e Mundial no currículo


Não é fácil encontrar jogadores campeões da Copa do Mundo de seleções que tenham em seu currículo o título de campeão português. Na verdade, em toda a história do futebol português, somente dois atletas campeões da Liga nacional se sagraram campeões Mundiais. E ambos são do FC Porto: o brasileiro Branco e o espanhol Iker Casillas.


FC Porto divulgação
FC Porto divulgação

O brasileiro Branco foi campeão português em 1989/90 e da Copa do Mundo em 1994


Um dos heróis da campanha do tetra em 1994 (com seu gol-bomba decisivo sobre a Holanda nas quartas de final), e o quarto lateral esquerdo que mais vezes vestiu a camisa canarinha (atrás apenas de Roberto Carlos, Júnior e Nilton Santos), Branco jogou de dragão ao peito em 80 partidas, entre as temporadas 1988/89 e 1990/91 (quando no decorrer da época foi para o Genoa, da Itália), marcando 12 gols.


Pelos azuis e brancos, o defensor brasileiro foi campeão português na temporada 1989/90, anotando quatro gols naquela edição da Liga. Foi pelo Porto que Branco foi convocado para disputar a Copa do Mundo de 1990, sendo titular nos quatro jogos do Brasil. Na partida das oitavas de final, contra a Argentina, o lateral bebeu uma água oferecida pelos argentinos e se sentiu mal - anos depois Maradona confessou que havia tranquilizantes na água.


FC Porto divulgação
FC Porto divulgação

Capitão da Espanha campeã do Mundo em 2010, Casillas foi campeão português em 2017/18


Melhor goleiro do mundo nos anos de 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012, segundo a Federação de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS), o espanhol Iker Casillas capitaneou a Fúria ao inédito título da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. O então guardião do Real Madrid levou o prêmio Luva de Ouro, como o melhor goleiro daquele Mundial.


Em 2015, depois de passar toda a vida no Real Madrid e ter vestido mais de 700 vezes a camisa Merengue, Casillas trocou a capital espanhola pela invicta cidade do Porto. Desde 2015/16, o arqueiro defendeu a “baliza” portista em 84 ocasiões, 22 delas pela Liga dos Campeões, contribuindo para que o espanhol seja o recordista de jogos da maior competição do Velho Continente: 167 partidas no total.


O título português com a camisa do Porto finalmente veio ao fim de sua terceira temporada em Portugal. E Casillas foi fundamental na conquista do Campeonato Português 2017/18 dos azuis e brancos, destacando-se, principalmente, nos clássicos, mas também no jogo decisivo com o Marítimo, na Madeira.


Branco encerrou a carreira em 1998, pelo Fluminense. Casillas, aos 37 anos, aceitou reduzir substancialmente seu salário para renovar seu contrato com o Porto e seguir de dragão ao peito por mais uma temporada.