Ei, Gabigol: vem ver o mundo com olhos de criança, que só quer brincar e não tanta responsa

Não vejo muito sentido em comentar especulação. Mas algumas TOCAM O CORAÇÃO (esse texto será LEVE, pois é dia 20 de dezembro e eu não aguento mais ser sério sobre o Santos, algo que nos estressou tanto neste 2017) e fica difícil de ignorar.


Ou então quando se trata de um pedido do seu editor, aí você escreve mesmo assim para ser simpático.


É o caso do CLICHEZAÇO que José Carlos Peres, novo presidente do Santos, soltou esses dias: ele quer dar um "presente de natal" ao torcedor. Ai, Peres, tanta frase feita por aí, não é mesmo? Mas tudo bem, RELEVEMOS. Só não manda aquela da CEREJA DO BOLO, pelo amor dele, o tal de Deus.


Eu divago. O tal do presente seria a volta de um menino de ainda 21 anos, que jogou muita bola por aqui até o meio de 2016. Claro, falamos dele: Gabigol.


Gazeta Press
Gazeta Press

Livre pra poder sorrir, sim


Cantava ele, e eu digito seu nome APONTANDO PARA O CÉU, Chorão: "Ainda vejo o mundo com olhos de criança, que só quer brincar e não tanta responsa."


Gabigol não precisa aceitar transferência para algum time menor e se "adaptar" ao futebol europeu. Se o futebol europeu não pode com a GENIALIDADE - ou melhor, a MOLECAGEM - de Gabigol, problema dele. Quem gosta de futebol europeu, não é mesmo?


Vem para cá, olhar o mundo - ou ao menos a América do Sul - com olhos de criança, brincando, jogando bola sem tanta responsa. É possível ser feliz e crescer aqui, também.


Porque em 2018, sabe-se lá como, de novo tem Libertadores. E tudo que o santista quer é um time de moleques brincando de jogar bola pelos campos muito menos arrumados que aqueles estadiozinhos com cadeirinhas e torcidinhas batendo palminhas naquele continente cheio de dinheiro mas sem CARISMA algum.


Gazeta Press
Gazeta Press

Livre pra poder buscar seu lugar ao sol


Vem ser feliz, Gabigol. Deixa a Europa pra lá. Teu apelido nem sentido fez lá, mesmo. Aqui, fez, faz e fará sempre. Às vezes tudo que necessitamos é de CARINHO, e aqui tem de sobra.


Ou você não acha que no primeiro FACÃO que tu der em bola invertida por YURI ALBERTO (precisamos de um apelido urgente para o menino) e meter de cabeça em cima do REAL GARCILASO a torcida não te amará PROFUNDAMENTE de novo?


Será como RENOVAR VOTOS de um casório. Casamento é todo errado, sempre dá problemas, ninguém sabe por qual motivo essa INSTIUTIÇÃO segue viva... Mas o AMOR supera, Gabi.


Ou, ao menos, sinta vontade de descobrir como é jogar uma Libertadores. A gente teve que aturar LEANDRO DONIZETE esse ano, irmão. SÓ OS LOUCOS SABEM o que é isso...


Você deixou saudade. Quero te ver outra vez...


Vila Belmiro: 100 Anos, 100 Jogos


Mande mensagem, compre de Natal e leia jogos em que Gabigol foi destaque.


Divulgação
Divulgação

Não tem citação ao CBJr lá, porém (acho)