Controlem a cornetagem: o ano do Santos só começa em março

Hoje presenciei nas diversas redes sociais debates ACALORADOS sobre a morosidade com que o ano do Santos começa. De um lado, pessoas defendendo a nova diretoria, comandada por José Carlos Peres, afirmando/supondo que as mudanças e a realização do que foi colocado no planejamento estão andando, por mais que não vejamos publicamente; do outro, pessoas criticando a falta de reforços, a incerteza sobre o novo técnico e mais.


Quem lê este blog costumeiramente sabe que sou adepto da CORNETAGEM. Porém, hoje serei COMEDIDO, algo raro.


Estou no meio destas duas posições. E recomendo a todos que fiquem ao meu lado, pois é o mais calmo e relaxado. Além do, espero, correto.


Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Tempo ao tempo. Um dia chega a hora de se provar - ainda não é agora


O ano do Santos começa exatamente no dia 1° de março, data da estreia na Libertadores, em jogo contra o Real Garcilaso, no Peru. Não, ele não começa no dia 17 de janeiro, contra o Linense lá no interior de São Paulo. Não mesmo. Nem no dia 4 de fevereiro, contra o Palmeiras, primeiro clássico do ano. 


O Paulista é um torneio inútil e, dentro do possível, deve ser ignorado.


Ou seja: num planejamento consciente, o Santos não precisa iniciar a pré-temporada completamente pronto já no dia 3 de janeiro. Pode esperar, ao menos, mais 15 dias. Ainda teria mais de um mês para estrear na Libertadores, o que importa, com elenco entrosado após um ou outro jogo no Estadual, só para pegar ritmo.


E, por isso, me considero no meio termo dos posicionamento colocados no início do texto. Claro, morosidade irrita, ainda mais depois de um ano estressante de futebol na Vila Belmiro. Mas que se dê tempo ao tempo. A corneta, por mais linda que seja, pode esperar.


E se eu opto por esperar para cornetar, um passatempo tão divertido, creio que vocês também podem aguardar.


Se, e apenas se, o tempo for usado para reforçar o time com qualidade, dispensar outros que precisam sair (além dos que já se foram, muito obrigado, como Ricardo Oliveira), o planejamento está correto.


Sei que os dedos coçam para que reclamações surjam nas redes sociais, mas esperem. Em 1° de março a gente vê como as coisas estão. Campeonato Paulista, o que tenho a ver?


 VILA BELMIRO: 100 ANOS, 100 JOGOS


Tenho exatamente DOZE livros para vender ainda. Só mandar a mensagem clicando aqui.


Divulgação
Divulgação

Livro feito com CALMA, sem PRESSA, como deve ser o Santos neste janeiro