Santos: a dupla de zaga verdadeiramente titular faz nova partida nota 10

Estive na Vila Belmiro na noite de quarta-feira (25) e, por coincidência, me postei no exato setor lateral das arquibancadas em que Rodrygo fez o que fez. Tal como quando Neymar brincava pelo lado esquerdo, e lá eu ficava, dei sorte do 'Rayo' escolher o lado direito para fazer história no exato dia em que eu estava ali. 


Mas vamos fugir do óbvio: Rodrygo foi fantástico? Foi. E isso você verá em todos os canais de televisão, jornais, colunas, redes sociais. Aqui, vamos falar de algo que muitos vão deixar passar. Ou todos. Não eu.


A dupla de zaga. Aquele que, VERDADEIRAMENTE, é a titular do Santos.


Gazeta Press
Gazeta Press

Gustavo Henrique precisa ser titular. E com o parceiro correto...


O acaso deu a chance do torcedor santista ver sua melhor dupla de zaga em campo contra o Flamengo. Gustavo Henrique e Luiz Felipe voltaram a jogar juntos após muito tempo, em razão da suspensão de David Braz e da lesão de Lucas Veríssimo.


Sim, aquele dupla que, em 2016, era a menos vazada, junto a Vanderlei, no Brasileiro. E que, por motivos esdrúxulos, foi deixada de lado. Ambos são melhores que David Braz e, por mais que Veríssimo tenha evoluído, e muito, é o terceiro no 'ranking'.


Gustavo Henrique e Luiz Felipe, juntos, são fabulosos.


Gazeta Press
Gazeta Press

E o parceiro correto é Luiz Felipe. Sempre foi, aliás. Quem quer, enxerga...


Basta repararmos que o Santos não foi ameaçado pelo lídr do campeonato com os dois juntos em campo. Guerrero foi anulado, Dourado nada fez, Uribe muito menos. Geuvânio conseguiu um bom chute, mas pela direita da defesa, com Victor Ferraz ali, e os meias até chegavam à área santista - mas, claro, pois o meio seguiu um buraco (apesar da ótima partida de Pituca e da boa de Alison - o problema, é claro, é que eram minoria).


Na área, Luiz Felipe e Gustavo Henrique não levaram susto pelo alto, algo que o Santos leva constantemente. Foram firmes por baixo e sempre bem posicionados.


É a dupla nota 10 desse time. Com potencial para ser a melhor do país.


E, por algum motivo, eles ficam no banco usualmente...