O pragmatismo de Aguirre e a enganosa invencibilidade do São Paulo

Rubens Chiri / São Paulo FC
Rubens Chiri / São Paulo FC

'Olha como esse zagueiro/lateral/volante/meia/atacante tá mal, deixa eu trocar por outro jogador exatamente da mesma posição'


Em primeiro lugar, que VERGONHA para o Brasileirão o São Paulo Futebol Clube ser o único invicto do campeonato. A várzea chegou mais do que nunca.


Essa tal invencibilidade só está mantida até agora porque Diego Aguirre está contando com uma sorte incrível. Claro, costumo dizer que o Tricolor além de ruim é azarado (que é muito verdade), mas a falta de coragem do técnico são-paulino faz com que alguns pontos conquistados sejam doses de sorte para a equipe. E está cada vez mais frequente.


Hoje, por exemplo, o São Paulo conseguiu o empate com um chutaço de Shaylon no último minuto, depois de passar o jogo inteiro sem praticamente assustar o goleiro adversário, e, mais incrível ainda, com um golaço que Trellez dificilmente vai acertar novamente na vida. A questão: esteve atrás no placar durante a maior parte do tempo, e o treinador tricolor parece não fazer questão de mudar isso.


Se hoje não inventou os costumeiros três volantes, não perde a velha mania do 'seis por meia dúzia'. É Régis por Militão, é Valdívia por Lucas, é Shaylon por Nene, e por aí vai. O fraco São Paulo não ousa, não arrisca nem quando está perdendo, não parece em nenhum momento que vai fazer força para vencer as partidas. É um time pragmático, que joga feio e que te faz torcer por uma bola. 


Tome nota: é a invencibilidade mais enganosa dos últimos tempos. É o time que só venceu um jogo (jogando mal contra o lanterna Paraná) e empatou outros quatro. Que caiu fora da Copa do Brasil pro Atlético-PR e tomou sufoco quase sendo eliminado pelo medíocre Rosário Central. Não há o que comemorar.


Ah: que maravilha essa 'solidez defensiva' que o time vem mostrando, hein? Jogando desse jeito, levando 11 gols em 13 jogos... Uma hora a sorte acaba, São Paulo...



Sidão: 5
ótima aquela defesa lá, mas é uma em mil, né? Não dá pra defender, de verdade mesmo.


Militão: 4
Nossa senhora que jogo horrível. Depois entrou o Régis pra gente lembrar que tem coisa pior, mas, nossa, que partida medonha.


Arboleda: 6
Que Deus perdoe essas pessoas ruins que jogam ao lado do Arboleda. Coitado.


Bruno Alves: 4
Esse dá dó também, mas é pela grossura. Jogo fraquíssimo também.


Reinaldo: 3
Vai tomar no cu, Reinaldo. Na moralzinha, tá foda.


Jucilei: 5
Normal. Falhou na saída de bola no começo mas depois segurou bem. Com tanta naba do lado fica difícil.


Hudson: 3 
Eu acho maneiríssima essa promoção do marketing do torcedor poder ver o jogo de dentro do campo, mas os caras tem que avisar que o ganhador não pode atrapalhar e fazer um pênalti idiota desses. Por favor, né


Lucas Fernandes: 5
Parece que tem a cabeça na lua. Baita passe praquele lance do Nene e aquela finalização perto da trave, mas são lampejos bem isolados. Melhor que jogar com mais um volante, claro, mas difícil também.


Nene: 5
Claro que pra quem tem tanta técnica é difícil jogar com esses zé ruela do lado, mas infelizmente sem a bola o Nene é um a menos. É a referência técnica desse time e provavelmente não vai sair, mas tem hora que é difícil.


Everton: 5
Correu bastante e é isso aí.


Trellez: 5
A probabilidade de esse ser o gol mais bonito da carreira do Trellez é enorme, e a chance da gente ver ele fazendo isso de novo é minúscula. Um golaço, mas a ruindade técnica desse cara beira o absurdo.


Aguirre: 3
Tá tudo lá em cima.


Régis: 4
Ruim.


Valdívia: 4
Ruim.


Shaylon: 10
Dez pelo golaço. Obrigado.


Notas:
- QUE RAIVA QUE ESSE TIME NÃO CONSEGUE JOGAR BEM NUNCA MEU DEUS DO CÉU
- É isso, vamo São Paulo.


Rubens Chiri / São Paulo FC
Rubens Chiri / São Paulo FC

Observem bem essa imagem, porque se tiver 10 replays em 9 a bola não entra